Fé x razão: Em busca de fundamentos para re-significação religiosa
PDF

Palavras-chave


Razão
Humanismo
Reforma Protestante
Religião.

Como Citar

Rodrigues, A. (2008). Fé x razão: Em busca de fundamentos para re-significação religiosa. Kerygma, 4(2), 3-16. Recuperado de https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/230

Resumo

Como tentativa de superação da crise de sentido que caracterizou a Idade Média tardia, Erasmo e Lutero – que representaram, respectivamente, as correntes do Humanismo Renascentista e da Reforma Protestante – formularam propostas de re-significação religiosa a partir de uma tentativa de fundamentação. Enquanto Erasmo indicou a razão como fundamento para a religião, Lutero afirmou o papel da fé. Suas tentativas indicam a importância de uma religião que seja relevante para os seus dias, mas também apontam para o perigo de uma proposta não fundamentada plenamente nas Escrituras.

PDF

Referências

BAINTON, Roland H. Erasmo da cristandade. Lisboa: Fundação Calouste

Gulbenkian, [1969?].

DESIDERIUS ERASMUS OF ROTTERDAM. On the Freedom of the Will. In: RUPP, E. Gordon (Org.). Luther and Erasmus: Free will and salvation. Philadelphia: The Westminster Press, [1969?]. p. 35-97.

ERASMO DE ROTTERDAM. Elogio da loucura. São Paulo: Abril Cultural, 1979.

FROUDE, James A. Life and Letters of Erasmus. London: Longmans Green and Co., 1894.

GEORGE, Timothy. Teologia dos reformadores. São Paulo: Vida Nova, 2006.

LIENHARD, Marc. Martim Lutero: tempo, vida, mensagem. São Leopoldo, RS: Sinodal, 1998.

LINDBERG, Carter. As reformas na Europa. São Leopoldo, RS: Sinodal, 2001.

LUTERO, Martinho. Da Liberdade Cristã. São Leopoldo, RS: Sinodal, 1998.

________. Da Vontade Cativa. In: ________. Obras Selecionadas. São Leopoldo, RS: Concórdia/Sinodal, 1993. v. 4. p. 17-216.

MORAES, João Quartim de. Erasmo e Lutero: Teologia e Reforma do Cristianismo. Primeira Versão, Campinas, n. 81, p. 1-40, mar. 1999. [publicação voltada para circulação interna da IFCH/UNICAMP]

NASCIMENTO, Sidnei Francisco do. Erasmo e Lutero: o livre arbítrio da vontade humana. Revista de Filosofia, Curitiba, v. 18, n. 23, p. 89-103, jul./dez. 2006. Disponível em: <http://www2.pucpr.br/reol/index.php/RF?dd1=479&dd99=view>

Acesso em: 25 abr. 2008.

TAPPERT, Theodore G. Luther: Letters of spiritual counsel. London: Scm Press, 1955.

Declaro (amos) que a revista Kerygma está autorizada a publicar e alterar o texto inédito e original de minha (nossa) autoria, submetido para avaliação deste periódico, a fim de "maximizar a disseminação da informação". Concordo (amos) em compartilhar os direitos autorais a ele referentes com a Unaspress e com o Unasp, sendo que seu “conteúdo, ou parte dele, pode ser copiado, distribuído, editado, remixado e utilizado para criar outros trabalhos, sempre dentro dos limites da legislação de direito de autor e de direitos conexos”. 

Reconheço (Reconhecemos) ainda que Kerygma está licenciada sob uma LICENÇA CREATIVE COMMONS - ATTRIBUTION 4.0 INTERNATIONAL (CC BY 4.0) e que esta obra também estará licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, caso seja aceita e publicada.

Dito isto, PERMITO (PERMITIMOS) que as instituições citadas acima remixem, adaptem, criem e distribuam, a partir deste trabalho, mesmo que para fins comerciais, desde que atribuam o devido crédito ao (s) autor (es) pela criação original.

Downloads

Não há dados estatísticos.