As diversas concepções de ensino religioso no Brasil
PDF

Palavras-chave

Concepções
Ensino Religioso
Estado
Laicidade.

Como Citar

Stigar, R. (2018). As diversas concepções de ensino religioso no Brasil. Kerygma, 12(2), 41-72. Recuperado de https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/855

Resumo

O presente artigo procura apresentar uma pequena abordagem histórica do Ensino Religioso no Brasil ao longo da história da educação brasileira, enfocando suas concepções no período Colonial, no período Imperial e no período Republicano, tanto nas Constituições Brasileiras como nas Leis de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, objetivando apontar as diferentes concepções deste componente curricular e as respectivas posturas dos grupos e setores que possuem interesse sobre esta questão, bem como as conseqüências dessas concepções e posturas para a sociedade em geral.
PDF

Referências

BRASIL. Constituição (1824). Constituição Política do Império do Brazil. Rio de Janeiro: Conselho do Estado, 1824.

BRASIL. Constituição (1891). Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil. Rio de Janeiro: Organização Federal, 1891.

BRASIL. Constituição (1934). Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil. Rio de Janeiro: Organização Federal, 1934.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988.

BRASIL. Lei 9394/96. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: Diário Oficial da União. Publicado no D.O.U. de 20 de dezembro, 1996.

BRASIL. Lei 9475/97. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: Diário Oficial da União. Publicado no D.O.U. de 23 de julho, 1997.

CÂNDIDO, V. C. O ensino religioso em suas fontes: uma contribuição para a epistemologia do E. R. São Paulo, 2004. Dissertação (Mestrado em educação) – Faculdade de Educação da Universidade de Nove de Julho, São Paulo, 2004.

CNBB. Ensino Religioso no cenário da Educação brasileira: aspectos históricos e sócio-político-culturais. Brasília: CNBB, 2007.

FERNANDES, M. M. Afinal, o que é o ensino religioso? São Paulo: Paulus, 2000.

FIGUEIREDO, A. P. Ensino Religioso no Brasil. Petrópolis: Vozes, 1996.

FIGUEIREDO, A. P. Ensino Religioso: perspectivas pedagógicas. Petrópolis: Vozes, 1995.

FIGUEIREDO, A. P. Realidade, Poder, ilusão: um estudo sobre a legalização do ensino religioso nas escolas e suas relações conflitivas como disciplina “Sui Generis” no interior do sistema público de ensino. São Paulo, 1999. Dissertação. (Mestrado em Ciências da Religião). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1999.

FISCHMANN, R. Ensino religioso em escolas públicas: subsídios para estudo da identidade nacional e o direito do outro. In: BICUDO, M. A. V.; SILVA JR., C. A. (Orgs.). Formador do educador. São Paulo: Edunesp, 1996, v. 2.

FÓRUM NACIONAL PERMANENTE DE ENSINO RELIGIOSO. Ensino Religioso: Referencial curricular para a proposta pedagógica da escola. Caderno Temático, n. 1. Blumenau, 2000.

FONAPER (FÓRUM NACIONAL PERMANENTE DE ENSINO RELIGIOSO). Parâmetros Curriculares Nacionais: ensino religioso. São Paulo: Ave Maria, 1997.

FRANCA, L. Ensino Religioso e Ensino Leigo: aspectos pedagógicos, sociais e jurídicos. Rio de Janeiro: Schmidt, 1931.

GRUEN, W. O Ensino Religioso na escola. Petrópolis: Vozes, 1995.

JUNQUEIRA, S. R. A. O processo de escolarização do Ensino Religioso no Brasil. Petrópolis: Vozes, 2002.

OLIVEIRA. L. B. A formação de docentes para o ensino religioso. Curitiba. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v 5, n. 16, 2005.

PASSOS, J. D. Ensino Religioso: construção de uma proposta. São Paulo: Paulinas, 2007.

SENA, L. Ensino Religioso e formação docente: ciências da religião e ensino religioso em diálogo. São Paulo: Paulinas, 2006.

VAINFAS, R. Dicionário do Brasil colonial. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

VAINFAS, R. Dicionário do Brasil imperial. Rio de Janeiro: Objetiva, 2002.

VIESSER, L. C.; BERTI, D. Â. Ensino Religioso na Escola Publica. Curitiba: IESDE, 2005.

ZIMMERMANN, R. Ensino Religioso: uma grande mudança. Brasília: Câmara dos Deputados, Centro de Documentação e Informação, 1998.

Copyright (c) 2018 Kerygma

Downloads

Não há dados estatísticos.