Os 1.290 e 1.335 dias de Daniel 12

Autores

  • Alberto R. Timm

Palavras-chave:

interpretação historicista, interpretação futurista, dia-ano, Ellen White, 1290 dias, 1335 dias, Daniel 12.

Resumo

Vários intérpretes das Escrituras estão contestando a tradicional interpretação adventista-historicista dia-ano dos 1.290 e 1.335 dias de Daniel 12. Eles argumentam que esses períodos proféticos devem ser interpretados como dias literais, em vez de dias que representam o mesmo número de anos. O presente artigo provê cinco importantes argumentos porque a teoria dos “dias literais” é inaceitável para uma interpretação adventista-historicista do livro de Daniel.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2005-03-09

Como Citar

TIMM, A. R. Os 1.290 e 1.335 dias de Daniel 12. Kerygma, Engenheiro coelho (SP), v. 1, n. 1, p. 3–8, 2005. Disponível em: https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/348. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos