Dom de línguas: constrastes entre o pentecostalismo e os pais da igreja

Autores

  • Diogo Cavalcanti

Palavras-chave:

glossolalia, falar em línguas, pentecostalismo, patrística.

Resumo

Autores pentecostais defendem que a glossolalia praticada em suas denominações constitui um reavivamento do miraculoso “falar em línguas” apostólico. Este artigo pretende prover uma comparação entre conceitos pentecostais de glossolalia com o pensamento dos Pais da Igreja quanto a este assunto. O objetivo é identificar possíveis semelhanças e diferenças entre ambas as visões e constatar a existência (ou não) de harmonia entre os conceitos patrístico e pentecostal de glossolalia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-03-07

Como Citar

Cavalcanti, D. (2006). Dom de línguas: constrastes entre o pentecostalismo e os pais da igreja. Kerygma, 2(1), 59. Recuperado de https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/315

Edição

Seção

Trabalho de Conclusão de Curso