Evangelização e mídia: possibilidades e riscos

Autores

  • José Miranda Rocha

Palavras-chave:

Evangelização, Mídia, Meios de Comunicação Social (MCS), Igreja Adventista do Sétimo Dia, Possibilidades, Riscos, Equilíbrio.

Resumo

O presente artigo é uma proposta de reflexão sobre o uso dos recursos da mídia na evangelização. Destaca possibilidades abertas para tornar a pregação mais abrangente e torna-la mais eficaz na busca de maiores resultados. O autor observa a possibilidade de alcançar, através da mídia, grupos humanos, religiosos e sociais que estariam isolados do cristianismo pelos métodos tradicionais de pregação. Entre esses, devem ser vistos os grupos secularizados da população mundial e os bilhões de islamitas e budistas. O artigo também pontua problemas e riscos que atravessam o caminho de pregadores e igrejas que fazem uso da mídia. Dentre esses, são focalizados o sacrifício do conteúdo, a tentação de controle econômico, a desconexão da realidade e a conseqüente banalização do sagrado, a dessocialização da igreja enquanto comunidade de fé. Na tentativa de buscar um ponto de equilíbrio, o autor sugere que a igreja reconheça o potencial da mídia na pregação e ao mesmo tempo esteja alerta para os riscos de seu uso irrefletido. O artigo também sugere que a espiritualidade do serviço de adoração seja protegida da presença invasiva da mídia e que haja um despertamento de mantenedores comprometidos com o evangelho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-03-10

Como Citar

Rocha, J. M. (2006). Evangelização e mídia: possibilidades e riscos. Kerygma, 2(1), 30–39. Recuperado de https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/310

Edição

Seção

Artigos