Teologia e ética do sexo para solteiros: análise bíblico-histórica e proposta adventista de educação sexual
PDF

Palavras-chave

ética sexual
casamento
Revolução Sexual
solteiros adventistas
educação sexual.

Como Citar

Moraes, N. (2006). Teologia e ética do sexo para solteiros: análise bíblico-histórica e proposta adventista de educação sexual. Kerygma, 2(2), 44-45. Recuperado de https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/286

Resumo

O presente estudo tem por objetivo analisar a teologia e a ética do sexo para jovens cristãos solteiros, iniciando com uma analise bíblico-histórica, seguida de uma pesquisa de campo, a partir de dados fornecidos pelos próprios jovens. Por fim, a investigação oferece uma proposta adventista de educação sexual para solteiros, a luz do desenvolvimento histórico do assunto e, mais especificamente, da realidade adventista contemporânea. A Revolução Sexual da década de 1960 se insurgiu contra a antiga tradição Vitoriana, que tem sua origem na filosofia agostiniana prevalecente desde a Idade Media até meados do século XX, na qual o sexo mesmo no casamento é sempre pecaminoso, exceto para a procriação. O liberalismo sexual resultante acabou afetando os jovens adventistas. Dos 1.334 jovens submetidos à pesquisa, 20% já tiveram experiência sexual pré-marital. A reversão deste quadro depende da compreensão do sentido bíblico de amor, liberdade e responsabilidade e de um compromisso com Deus para esperar pelo tempo e ambiente próprios a expressão sexual no casamento. Há, comprovadamente uma pressão hormonal e social para os jovens manterem intercurso sexual. Dentre os jovens adventistas que sucumbiram as pressões, alguns o fizeram por fraqueza, outros por "convicção". Na verdade, quase todos foram vítimas de uma ética permissiva ao sexo pré-marital. Cabe-nos a tarefa de conscientizá-los de que a conduta responsável se fundamenta no princípio ativo do amor que promove somente o bem. Se os jovens forem devidamente orientados decidirão esperar, não pelo temor dos prejuízos advindos de uma gravidez indesejada, DST`s, interrupção do estudo ou carreira, mas motivados pelo princípio bíblico do amor. 

PDF

Declaro (amos) que a revista Kerygma está autorizada a publicar e alterar o texto inédito e original de minha (nossa) autoria, submetido para avaliação deste periódico, a fim de "maximizar a disseminação da informação". Concordo (amos) em compartilhar os direitos autorais a ele referentes com a Unaspress e com o Unasp, sendo que seu “conteúdo, ou parte dele, pode ser copiado, distribuído, editado, remixado e utilizado para criar outros trabalhos, sempre dentro dos limites da legislação de direito de autor e de direitos conexos”. 

Reconheço (Reconhecemos) ainda que Kerygma está licenciada sob uma LICENÇA CREATIVE COMMONS - ATTRIBUTION 4.0 INTERNATIONAL (CC BY 4.0) e que esta obra também estará licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, caso seja aceita e publicada.

Dito isto, PERMITO (PERMITIMOS) que as instituições citadas acima remixem, adaptem, criem e distribuam, a partir deste trabalho, mesmo que para fins comerciais, desde que atribuam o devido crédito ao (s) autor (es) pela criação original.

Downloads

Não há dados estatísticos.