Quem é melquisedeque?: um estudo exegético de Hebreus 7:1
PDF

Palavras-chave

Melquisedeque
sacerdócio celestial
sacerdócio terrestre
sacerdócio dos primogênitos
sacerdócio dos levitas.

Como Citar

Barreto, W. (2007). Quem é melquisedeque?: um estudo exegético de Hebreus 7:1. Kerygma, 3(1), 56. Recuperado de https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/284

Resumo

Este trabalho tem como objetivo identificar uma das pessoas misteriosas da Bíblia: Melquisedeque. E para desvendar este mistério procuramos estudar o livro onde seu nome é mais mencionado, que é no livro de Hebreus. Afinal, quem é Melquisedeque? Seria um ser humano? Seria um anjo? Ou se trata do próprio Cristo? Mesmo que os exegetas, na sua maioria, interpretem como sendo um homem, podemos observar que durante os séculos nunca foi unânime esta posição. Entretanto, através deste estudo é proposto que este Rei- Sacerdote foi provavelmente um ser humano e que era contemporâneo de Abraão.

PDF

Referências

ALAND, Kurt et al. The Greek New Testament. 4ª ed. Stuttgart: Deutsche

Bibelgesellshaft United Bible Societies, 1983.

Almeida, João Ferreira de (trad.). Revista e atualizada. 2ª ed. Barueri/SP: Sociedade Bíblica do Brasil, 1993.

ALLEN, Clifton J. (ed.). Comentário bíblico Brodmam: Novo Testamento. 3ª ed. 12 v. Rio de Janeiro: Junta de Educação Religiosa e Publicações, 1987.

BARLEY, James L.; VANDER BROEK, Lyle D. Literary Form in the New

Testament: a Handbook. Louisvile/KY: Westiminster/John Knox Press, 1992.

BROMILEY, Geoffrey W. (ed.). The Internacional Standard Bible

Enciclopedia. 4 v. Grand Rapids/MI: Eerdmans Publishing Company, 1986.

BRUCE, F. F. The Epistle to The Hebrews. Grands Rapids/MI: Eerdmans

Publishing Company, 1991. (The New International Commentary on the New Testament).

BULLINGER, Etherlbert W. Diccionario de figuras de dicción usadas em la

Bíblia. Barcelona: Clie, 1990.

BUTTRICK, George Artur. (ed.). The Interpreter´s Dictionary of the Bible. 4 v. New York: Abingdon Press Nashville, 1962.

CHAMPLIN, Russel Norman. O Novo Testamento interpretado versículo por versículo. 6 v. São Paulo: Hagnos, 2001.

EPIPHANIUS, Panarion, 55 apud BRUCE, F.F. The Epistle to The Hebrews.

Grands Rapids/MI: Eerdmans Publishing Company, 1991. p. 159, n. 20. (The New International Commentary on the New Testament).

FREEDMAN, David Noel (ed.). The Anchor Bible Dictionary. 4 v. New York: Doubleday, 1992.

GUTHRIE, Donald. Hebreus: Introdução e comentário. São Paulo:

Sociedade Religiosa Edições Vida Nova e Associação Religiosa Editora Mundo Cristão, 1984.

HAGNER, Donald A. Novo comentário bíblico contemporâneo. São Paulo:

Editora Vida, 1997.

HANSON, A..T., Jesus Christ in the Old Testament. London: 1965, apud

BRUCE, F.F. The Epistle to The Hebrews. Grands Rapids/MI: EerdmansPublishing Company, 1991. p. 159, n. 20. (The New International Commentary on the New Testament).

HALE, Broadus David. Introdução ao estudo do Novo Testamento. São

Paulo: Editora Hagnos, 2001.

HENRY, Mathew. Comentário exegético-devocional a toda la Bíblia. 5 v.

Traduzido por Francisco Lacueva. Barcelona: Clie, 1983.

HIPPOLYTUS, Refutation, 7: 36 apud BRUCE, F.F. The Epistle to The

Hebrews. Grands Rapids/MI: Eerdmans Publishing Company, 1991. p. 159, n. 20. (The New International Commentary on the New Testament).

LAUBACH, Fritz. Carta aos Hebreus. Curitiba: Editora Evangélica Esperança, 2000. (Comentário Esperança).

MCCAUL, J.B. The epistle to the Hebrews. London: 1871, apud BRUCE, F.F. The Epistle to The Hebrews. Grands Rapids/MI: Eerdmans Publishing

Company, 1991. p. 159, n. 20. (The New International Commentary on the New Testament).

OWEN, John. Hebrews: The Epistole of Warning. Grand Rapids/MI: Editora Kregel Publications, 1953.

PISTIS SOPHIA, apud BRUCE, F.F. The Epistle to The Hebrews. Grand

Rapids/MI: Eerdmans Publishing Company, 1991. p. 159, n. 20. (The New International Commentary on the New Testament).

NICHOL, Francis D. (ed.). Diccionario bíblico Adventista del Séptimo Dia.

Traduzido por Victor E. Ampuerro Matta. 7 v. Boise/ID: Pacific Press, 1987.

RUSCONI, Carlo. Dicionário do grego do Novo Testamento. São Paulo:

Editora Paulus, 2003.

SHURER, Emil. Historia del pueblo Judio en tiempos de Jesus.

Intituciones políticas y Religiosas. II Tomos. Madrid: Ediciones Cristiandad, 1985.

TRENCHARD, Ernest. Exposición de la Epístola a los Hebreus. Córdoda:

Libreía y Editorial “El Amanecer”, 1958.

VAUX, R. de. Instituições de Israel no Antigo Testamento. São Paulo:

Editora Teológica, 2003.

SPROUL, R. C. (ed.). Bíblia de Estudo Genebra. São Paulo: Editora Cultura Cristã, 1999.VERMES, G. Os manuscritos do Mar Morto. São Paulo: Editora Mercuryo, 1987.

WHITE, Ellen G. Patriarcas e Profetas. 2ª ed. Tatuí/SP: Casa Publicadora

Brasileira, 1996.

Declaro (amos) que a revista Kerygma está autorizada a publicar e alterar o texto inédito e original de minha (nossa) autoria, submetido para avaliação deste periódico, a fim de "maximizar a disseminação da informação". Concordo (amos) em compartilhar os direitos autorais a ele referentes com a Unaspress e com o Unasp, sendo que seu “conteúdo, ou parte dele, pode ser copiado, distribuído, editado, remixado e utilizado para criar outros trabalhos, sempre dentro dos limites da legislação de direito de autor e de direitos conexos”. 

Reconheço (Reconhecemos) ainda que Kerygma está licenciada sob uma LICENÇA CREATIVE COMMONS - ATTRIBUTION 4.0 INTERNATIONAL (CC BY 4.0) e que esta obra também estará licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, caso seja aceita e publicada.

Dito isto, PERMITO (PERMITIMOS) que as instituições citadas acima remixem, adaptem, criem e distribuam, a partir deste trabalho, mesmo que para fins comerciais, desde que atribuam o devido crédito ao (s) autor (es) pela criação original.

Downloads

Não há dados estatísticos.