A ética na filosofia de Friedrich Nietzsche

Autores

  • Alberto Tasso Barros

Palavras-chave:

cristianismo, ética, filosofia, Friedrich Nietzsche, imortalidade de Deus.

Resumo

O presente artigo delineia um comparativo entre as implicações da aceitação do cristianismo pela sociedade e a não-aceitação do mesmo, defendida por Friedrich Nietzsche. Para essa análise é imprescindível se deter nos principais aspectos dos ideais do cristianismo e dos ideais amparados por Nietzsche. Tal análise possibilita a conclusão sobre as contribuições que a sociedade e o indivíduo podem usufruir ao optar por rejeitar o cristianismo ou então aceitá-lo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CRAIG, Willian L., A veracidade da fé cristã, São Paulo: Vida Nova, 2004.

CUNHA, Mariana P. S., “Sucedâneos à ética clássica: reflexões sobre o agir humano e o além do homem nietzschiano” in Trans/Form/Ação, São Paulo, 2005.

DINIS, Nilson F., “Nobreza e servidão em Nietzsche: um desafio ético para a Psicologia Social” in Interação em Psicologia, Curitiba, 2003.

GAARDER, Jostein, O mundo de Sophia: romance da história da filosofia, São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

GEISLER, Norman L., Ethics: alternatives and issues, Grand Rapids, MI: Zondervan Publishing House, 1971.

GONZÁLES, Leopoldo J. F., “A estética da vitória na filosofia de Nietzsche” in Fragmentos de cultura, vol 10, n.4, Goiânia, jul/ago de 2000.

GRUNWALD,Henry, “The year 2000: is the End - Or Just the Beginning?” in Time, 30 de março de 1992.

NIETZSCHE, Friedrich, Beyond Good and Evil, Chicago: Henry Regnery Company, 1966

___________, “The Gray Science” in The Portable Nietzsche, Nova Yorque: Viking Press, 1954.

___________, El Anticristo, Madrid: Anaya editores S.A., 2003.

___________, Genealogia da Moral, São Paulo: Brasiliense, 1988.

___________, Thus Spoke Zarathustra, Nova Yorque: Viking Press, 1966.

OLIVEIRA, Cristina G. M., F. Nietzsche: a determinação de valor sob a óptica da vida, Rio de Janeiro: UFRJ. Dissertação de mestrado não publicada.

ROBERT , Jastrow, God and the Astronomers, Nova Yorque: Norton, 1978.

SUGIZAK, Eduardo, “A culpa, um debate entre a epistemologia da psicologia profunda e a teologia moral” in Fragmentos de cultura, vol. 15, n.1, Goiânia, jan. de 2005.

TUREK, Frank; Geisler, Norman. Não tenho fé suficiente para ser ateu, São Paulo: Editora Vida, 2006.

WOGAMAN, J. Philip, Christian Ethics: a historical introdution, Louisville, Kentucky: John Knox Press, 1993.

Downloads

Publicado

2008-03-21

Como Citar

BARROS, A. T. A ética na filosofia de Friedrich Nietzsche. Kerygma, Engenheiro coelho (SP), v. 4, n. 1, p. 45–51, 2008. Disponível em: https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/250. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos