Os desafios do líder administrativo empreendedor frente à hierarquia do sistema da organização da igreja adventista do sétimo dia
PDF

Palavras-chave

departamentais
empreendedor
Igreja Adventista do Sétimo Dia
líder administrativo
praxe
publicações.

Como Citar

Pires, W. (2008). Os desafios do líder administrativo empreendedor frente à hierarquia do sistema da organização da igreja adventista do sétimo dia. Kerygma, 4(2), 102-103. Recuperado de https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/229

Resumo

Este trabalho aborda a seguinte problemática referente ao líder administrativo dos departamentos de publicações da União Central Brasileira, um dos órgãos da Igreja Adventista do Sétimo Dia: Como pode um líder administrativo, do setor de publicações, ser um empreendedor, respeitando a hierarquia existente no sistema da organização da Igreja Adventista do Sétimo Dia? Sob este ponto de vista, o objetivo geral dessa investigação é o de “Analisar o método que o departamental de publicações da Igreja Adventista do Sétimo Dia utiliza para usar o seu empreendedorismo respeitando o sistema hierárquico da organização”. Este trabalho analisa a questão da liderança desde os primórdios da administração, e desenvolve uma pesquisa de campo com o instrumento da entrevista. A pesquisa deixa bem claro que no departamento de publicações, existem regulamentos, leis que são chamadas de PRAXE, e que são seguidas por todos os departamentais. Todo líder entrevistado respeita a PRAXE, mostrando que são unidos num único foco. Mas acima de tudo pode se concluir que muitos departamentais não possuem muitos conhecimentos técnicos acerca de administração, mas demonstram que possuem um espírito de empreendedorismo em suas ações de trabalho, conseguindo levar com sucesso seu departamento.

PDF

Referências

BENNIS, Warren e NANUS, Burt. Líderes: estratégias para assumir a verdadeira liderança. São Paulo, SP: Editora Harbra, 1988, p. 04.

BÍBLIA, A Bíblia de Jerusalém. São Paulo, SP: Sociedade Bíblica Católica Internacional e Paulus, 2000.

BRITTO, F. e WEVER, L. Empreendedores Brasileiros: vivendo e aprendendo com grandes nomes. Rio de Janeiro, RJ: Editora Campus, 2003, p. 13, 18, 21, 22.

CANDELORO, Raúl (editor). Liderança & Supervisão. Editora Quantum: Abril de 2006, ano iii, nº 22, p. 03, 04.

CANDELORO, Raúl (editor). Liderança & Supervisão. Editora Quantum: Maio de 2006, ano iii, nº 23.

CANDELORO, Raúl (editor). Liderança & Supervisão. Editora Quantum: Junho de 2006, ano iii, nº 24, p. 06.

CARNEGIE, D. O Líder Em Você: como fazer amigos, influenciar pessoas, e ter sucesso em um mundo de mutação. 2. ed. Rio de Janeiro, RJ: Editora Record, 1995, p. 24.

CHIAVENATO, I. Administração Nos Novos Tempos. 2. ed. Rio de Janeiro, RJ: Editora Elsevier/Campus, 2004, p. 43.

DORNELAS, J. C. A. Empreendedorismo: transformando idéias em negócios. 2. ed. Rio de Janeiro, RJ: Editora Elsevier/Campus, 2005, p. 17-53.

DRUCKER, P. F. Desafios Gerenciais Para o Século XXI. 1. ed. São Paulo, SP: Pioneira Thomson Learining, 2001, p. 18, 19, 52.

EMILIANO, Gómez. Liderança Ética, um Desafio do Nosso Tempo. São Paulo, SP: Editora Planeta do Brasil, 2005, p. 124, 125, 126.

FARRELL, L. C. Entrepreneurship: fundamentos das organizações empreendedoras. São Paulo, SP: Editora Atlas, 1993, p. 45.

FATZENBACH, J. R. Os Verdadeiros Líderes da Mudança: como promover o crescimento e o alto desempenho na sua empresa. Rio de Janeiro, RJ: Editora Elsevier/Campus, 1996.

FERREIRA, A. B. H. Mini Dicionário Aurélio. Rio de Janeiro, RJ: Editora Nova Fronteira, 1977, p. 292.

GERBER, M. E. O Mito do Empreendedor: como fazer de seu empreendimento um negócio bem-sucedido. São Paulo, SP: Editora Saraiva, 1990, p. 67.

HALLORAN, J. W. Por Que os Empreendedores Falham: como evitar armadilhas fatais que podem levar seu negócio a um fracasso total. São Paulo, SP: Makron Books, 1994, p. 7.

HARVAD BUSINESS REVIEW, Liderança: os melhores artigos de Harvad Business Review. Rio de Janeiro, RJ: Editora Elsevier, 2006, p. 62, 205.

KOUZES, J. M. e POSNER, B. Z. O Desafio da Liderança: como conseguir feitos extraordinários em organizações. 3. ed. Rio de Janeiro, RJ: Editora Elsevier/Campus, 1991.

KOUZES, J. M. e POSNER, B. Z. O Desafio da Liderança: como conseguir feitos extraordinários em organizações. 3. ed. Rio de Janeiro, RJ: Editora Elsevier/Campus, 2003.

MAXWELL, J. C. As 21 Irrefutáveis Leis da Liderança: siga-as e as pessoas o seguirão. São Paulo, SP: Mundo Cristão, 1999, p. 18.

MAXWELL, J. C. Desenvolva Sua Liderança. Rio de Janeiro, RJ: Editora Record, 1996, p. 11.

MAXWELL, J. C. Seja o Líder que Todos Querem Ter: usando o seu carisma para motivar pessoas. 3. ed. São Paulo, SP: Editora Sepal, 2003.

SCHOLTES, P. R. O manual do líder: um guia para inspirar sua equipe e gerenciar o fluxo de trabalho no dia-a-dia. Rio de Janeiro, RJ: Qualitymark Editora, 1999, 68.

STOTT, J. Os Desafios da Liderança Cristã: os relacionamentos pessoais: o desânimo, a juventude e a estagnação. São Paulo, SP: ABU Editora S/C, 1999, 23, 34, 46.

USSEM, M. Liderando Para o Alto: como conduzir seu chefe em benefício de todos. São Paulo, SP: Negócio Editora, 2002, p. 115, 173, 187, 204, 293.

WHITE, E. G. Administração Eficaz: como multiplicar os recursos com sabedoria. Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 2002.

______. O Colportor Evangelista. 7 ed. Santo André, SP: Casa Publicadora Brasileira, 1993.

______. Conselhos Sobre Educação. Santo André, SP: Casa Publicadora Brasileira, 1976.

http://www.adventist.org (acesso 25/09/2006 às 9h e 20 min.)

http://www.asd-mr.org.br/html/colportagem.html (acesso 25/04/2007 às 17h e 30 min.)

http://pt.wikipedia.org/wiki/Colportagem (acesso 25/04/2007 às 17h e 45 min.)

Declaro (amos) que a revista Kerygma está autorizada a publicar e alterar o texto inédito e original de minha (nossa) autoria, submetido para avaliação deste periódico, a fim de "maximizar a disseminação da informação". Concordo (amos) em compartilhar os direitos autorais a ele referentes com a Unaspress e com o Unasp, sendo que seu “conteúdo, ou parte dele, pode ser copiado, distribuído, editado, remixado e utilizado para criar outros trabalhos, sempre dentro dos limites da legislação de direito de autor e de direitos conexos”. 

Reconheço (Reconhecemos) ainda que Kerygma está licenciada sob uma LICENÇA CREATIVE COMMONS - ATTRIBUTION 4.0 INTERNATIONAL (CC BY 4.0) e que esta obra também estará licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, caso seja aceita e publicada.

Dito isto, PERMITO (PERMITIMOS) que as instituições citadas acima remixem, adaptem, criem e distribuam, a partir deste trabalho, mesmo que para fins comerciais, desde que atribuam o devido crédito ao (s) autor (es) pela criação original.

Downloads

Não há dados estatísticos.