Se eu quiser falar com Deus: a oração na MPB e na canção cristã

Autores

  • Joêzer de Souza Mendonça

Palavras-chave:

Teomusicologia, Teologia, Música popular, Canção cristã.

Resumo

Esse artigo estuda os diferentes modos de interpretação da comunicação espiritual
com Deus, observados em duas canções homônimas: Se eu quiser falar com Deus, uma da autoria de Gilberto Gil, e outra de Mário Jorge Lima, compositor cristão. Utilizando as bases da teomusicologia, nosso objetivo é verificar como os dois compositores evidenciam sua compreensão religiosa por meio da seleção da mesma temática (a oração), porém, articulada em letras contrastantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ATTALI, J. Noise: an essay on the political economy of music. Manchester University Press, 1985.

BEGBIE, J. Theology, music and time. Cambridge: Cambridge University Press, 2000.

BRAVO. 100 canções essenciais da música popular brasileira. São Paulo: Abril, 2008.

CALVANI, C. E. Teologia e MPB. São Paulo: UMESP/Edições Loyola, 1998.

GREELEY, A. God in popular culture. Chicago: Thomas More Press, 1988.

RISÉRIO, A. Expresso 2222 – Gilberto Gil. Salvador: Corrupio, 1982.

SPENCER, J. M. Theological music: introduction to theomusicology. Nova York: Greenwood Press, 1991.

Downloads

Publicado

2011-03-29

Como Citar

MENDONÇA, J. de S. Se eu quiser falar com Deus: a oração na MPB e na canção cristã. Kerygma, Engenheiro coelho (SP), v. 7, n. 1, p. 11–18, 2011. Disponível em: https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/152. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos