LOS 144.000 Y SU RELACIÓN CON LA GRAN MULTITUD A LA LUZ DE LOS ESCRITOS DE ELENA G. DE WHITE
PDF (Español (España))

Palavras-chave

apocalipsis
144.00
gran multitud
elena g. de white

Como Citar

Cortes, M. A. (2020). LOS 144.000 Y SU RELACIÓN CON LA GRAN MULTITUD A LA LUZ DE LOS ESCRITOS DE ELENA G. DE WHITE. Kerygma, 15(2), 64–74. https://doi.org/10.19141/1809-2454.kerygma.v15.n2.p64-74

Resumo

En este estudio se analizarán elementos de los capítulos 7 y 14 del libro de Apocalipsis, lugar en donde Juan describe a los 144.000 y la gran multitud. El previo análisis se hará con la finalidad de presentar la relación que existe entre los 144.000 y la gran multitud, para responder a la interrogante sobre la simbología o literalidad del primer grupo. Además, se examinarán algunos textos de Elena de White para ver si la descripción de los detalles que ella narra coincide con las conclusiones presentadas en este análisis. Aunque este estudio considera ciertas características de la gran multitud, se centrará en los 144.000.

https://doi.org/10.19141/1809-2454.kerygma.v15.n2.p64-74
PDF (Español (España))

Referências

BAUCKHAM, R. The climax of prophecy: studies on the book of revelation. Edinburgh: Clark, 1998.

BEALE, G. K. Revelation: a Shorter Commentary. Grand Rapids, MI: William B. Eerdmans Publishing, 2015.

MENDOZA, O. Los 144 000 y la gran multitud en el contexto de Apocalipsis 7 y 14. Theologika, v. 26, n. 1, p. 49-82, 2011.

MOUNCE, R. H. The Book of Revelation. Grand Rapids, MI: W.B. Eerdmans, 1998.

MOUNCE, W. D. (Ed.). Mounce’s complete expository dictionary of Old & New Testament words. Grand Rapids, MI: Zondervan, 2006.

MUELLER, E. Fornication. Biblical Research Institute. 2001. Disponível em: <https://bit.ly/3r03yDn>. Acesso em: 16 fev. 2020.

NICHOL, F. D.; RASI, H. M.; PEVERINI, T. N.; HORN, S. H. Comentario bíblico Adventista del Séptimo Día 7: Filipenses a Apocalipsis. Mountain View, California: Pacific Press Publishing Association, 1995.

NICHOL, F. D.; RASI, H. M.; PEVERINI, T. N.; HORN, S. H. Comentario bíblico Adventista del Séptimo Día 7A: Comentarios de E. G. de White. Mountain View, California: Pacific Press Publishing Association, 1999.

STEFANOVIĆ, R. La Revelación de Jesucristo: comentario del libro del apocalipsis. Berrien Springs, MI: Andrews University Press, 2013.

STEFANOVIĆ, R. What is the State of the Last Generation? In: MOSKALA, J.; PECKHAM, J. (Eds.). God’s character and the last generation. Nampa, ID: Pacific Press Publishing Association, 2018. p. 219–235.

WHITE, E. G. El conflicto de los siglos. Buenos Aires, Argentina: ACES, 2007.

Uma vez aceitos para a publicação, os direitos autorais dos artigos são automaticamente transferidos à Kerygma. Todo material utilizado no texto que possua direitos autorais de terceiros devem estar devidamente referenciados. As pessoas autoras também devem deter os direitos de reprodução das imagens e tabelas em seu material, caso seja necessário. Autores(as) que publicam na Kerygma devem concordar com os seguintes termos:

Termo 1: Os(as) autores(as) concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, permitindo o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
Termo 2: Os(as) autores(as) têm a autorização para assumir contratos adicionais para a distribuição não exclusiva de seu trabalho, conforme publicado na revista (por exemplo: repositório institucional, capítulo de livro etc.). Contudo, ele deve reconhecer a autoria e a publicação inicial do trabalho à Kerygma.
Termo 3
: Os(as) autores(as) concordam com a reprodução livre de seu material pela Kerygma, que poderá adaptar, modificar, condensar, resumir, reduzir, compilar, ampliar, alterar, mixar com outros conteúdos, incluir imagens, gráficos, objetos digitais, infográficos e hyperlinks, ilustrar, diagramar, fracionar, atualizar, traduzir e realizar quaisquer outras transformações, sendo necessária a participação ou autorização expressa dos autores. Ela também pode distribuir mediante cabo, fibra ótica, satélite, ondas ou qualquer outro sistema que permite acesso ao usuário em tempo e lugar determinados, seja por vias gratuitas ou por sistemas que importem pagamento. A Kerygma poderá incluir o trabalho em banco de dados, físico ou virtual, arquivar em formato impresso, armazenar em computador, em sistema de nuvem, microfilmar e demais formas de arquivamento atuais ou que ainda possam ser desenvolvidas, com ou sem fins lucrativos.

A revista Kerygma é detentora dos direitos de todos os trabalhos publicados por ela. A reprodução integral desses textos em outras publicações, para qualquer outra finalidade, por quaisquer meios, requer autorização por escrito do editor. O mesmo serve para reproduções parciais, como resumo, abstract, porções com mais de 500 palavras do texto, tabelas, figuras, ilustrações etc.

Downloads

Não há dados estatísticos.