BENDITO AQUELE QUE VEM EM NOME DO SENHOR
pdf

Palavras-chave

Messias
Fariseus
Essênios
Profecias
Período Herodiano

Como Citar

Vespa, T. (2020). BENDITO AQUELE QUE VEM EM NOME DO SENHOR. Kerygma, 15(1), 63-72. https://doi.org/10.19141/1809-2454.kerygma.v15.n1.p63-72

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar a expectativa da vinda do Messias dentro da comunidade judaica. Foram retratados dois grupos proeminentes desse período: os fariseus e os essênios de Qumran com o tipo de Messias que eles esperavam. Embora esses dois grupos tenham características diferentes, ambos compartilhavam o anseio da chegada do Messias prometido. Essa esperança se apoiava nas profecias dos oráculos escritos que estavam disponíveis para eles. O presente artigo inicia com uma introdução ao tema, demonstrando pela história os eventos do período de Ciro até o início do primeiro século da Era Comum, estabelecendo uma associação hermenêutica da construção do templo com a vinda do Renovo, o Messias sacerdote e rei que construiria o templo. O tema também foi dividido em duas outras seções: descrição da idiossincrasia dos fariseus e das características dos essênios e uma segunda seção com algumas profecias que identificam as expectativas da vinda iminente do Messias prometido. São descritos trechos dos escritos das comunidades em questão, como, por exemplo, o Talmude para os fariseus e os manuscritos de Qumran para os essênios. É possível observar também as profecias concernentes nas escrituras judaicas e interpretações dos historiadores e teólogos sobre suas relações com o período em que foram escritas, identificado a expectativa presente na época analisada.

https://doi.org/10.19141/1809-2454.kerygma.v15.n1.p63-72
pdf

Referências

BERGSMA, J. S. The Jubilee from Leviticus to Qumran: A History of Interpretation. Boston: Brill, 2007. v. 115.

DAVIDSON, W. Talmud Bavli: Koren Noé Talmud, with commentary by Rabbi Adin Even-Israel Steinsaltz. Jerusalém: Koren Publishers, 2015. Disponível em: <https://bit.ly/3jgGpJ5>. Acesso em: 02 jul. de 2019.

DONNER, H. História de Israel e dos Povos Vizinhos: Da Época da Divisão do Reino até Alexandre Magno. São Leopoldo: Editora Sinodal, 1997. v. 2.

EDERSHEIM, A. The Life and Times of Jesus the Messiah. Grand Rapids, MI: Christian Classics Ethereal Library, 1953.

ELIOR, R. The Dead Sea Scrolls: Who Wrote Them, When and Why? Studies in Spirituality, n. 21, p. 45-66, 2011.

HOLBROOK, F. B. (Ed.) Setenta Semanas: Levítico e a Natureza da Profecia. Engenheiro Coelho: Unaspress, 2010. Série: Santuário e Profecias Apocalípticas.

JOHNSON, P. História dos Judeus. 2. ed. Rio de Janeiro: Imago, 1995.

JOSEPHUS, F. The Antiquities of the Jews. Tradução de William Whiston. Project Gutenberg, 94, 2009a. E-book. Disponível em: <https://bit.ly/3hwBbse>. Acesso em: 02 jul. de 2019.

____________. The Wars of the Jews. Tradução de William Whiston. Project Gutenberg, 75, 2009b. E-book. Disponível em: <https://bit.ly/2YxGccw>. Acesso em: 02 jul. de 2019.

KNOHL, I. The Messiah before Jesus: The Suffering Servant of the Dead Sea Scrolls. Tradução de David Maisel. Berkeley, Los Angeles, London: University of California Press., 2000.

LAURIN, R. B. The Problem of Two Messiahs in the Qumran Scrolls. Revue De Qumrân, v. 4 n. 1 (13), 1963.

MAIMONIDES. Mishneh Torah, Sanctification of the New Month. Cap. 8. Halakhah, Egito, 1178. Disponível em: <https://bit.ly/3ji9tQ7>. Acesso em: 02 jul. de 2019.

MARTI, F. A. The Remnant Motif in the Dead Sea Scrolls. Papers 3. Berrien Springs: Andrews Univesity, 2009.

MITCHELL, D. C. Firstborn Shor and Rem: Sacrificial Josephite Messiah in 1 Enoch. 90.37-38 and Deuteronomy 33.17. Journal for the Study of the Pseudepigrapha, v. 15.3, maio 2006.

NEUSNER, J. Mr. Sanders's Pharisees and Mine. Bulletin for Biblical Research 2, Institute for Biblical Research, 1992.

NEWTON, I. Observations upon the Prophecies of Daniel and the Apocalypse of St. John. Londres: Distributed Proofreaders, 1733. E-book. Disponível em: <https://bit.ly/3jdat8d>. Acesso em: 02 jul. de 2019.

NEWPORT, K. G. C. The Pharisees in Judaism Prior to A.D. 70. Andrews University Seminary Studies, v. 29, n. 2, 1991.

PROVAN, I.; LONG, P. V.; LONGMAN III, T. Uma História Bíblica de Israel. São Paulo: Vida Nova, 2016.

SCHOCHET, J. I. The Principle of Mashiach and the Messianic Era in Jewish Law and Tradition. Expanded Edition. New York / Toronto: S.I.E, 1992.

SILVA, C. F. O Novo Templo e a Aliança Sacerdotal da Comunidade de Qumran. Tese de Doutorado. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de História. Programa de pós-graduação em História Social. Universidade de São Paulo-USP, São Paulo, 2009.

SUETONIUS. De vita Caesarum. Tradução de Alexander Thomson. Project Gutenberg, Séc I, 2006. E-book. Disponível em: <https://bit.ly/31tKAep>. Acesso em: 28 out. de 2019.

TACITUS. Historiae. Tradução de W. Hamilton Fyfe. Project Gutenberg, Séc. I, 2005. E-book. Disponível em: <https://bit.ly/2FXyqSM>. Acesso em: 28 out. de 2019.

VANDERKAM, J. C. The Dead Sea Scrolls and the Bible. Grand Rapids: Eerdmans Publishing Company, 2012.

VERMES, G. The Complete Dead Sea Scrolls in English. Westminster: Penguin Books, 2003.

WCELA, E. A. The Messiah(s) of Qumrân. The Catholic Biblical Quarterly, v. 26, n. 3, 1964.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Downloads

Não há dados estatísticos.