A ética cristã da boa morte: uma proposta à luz da antropologia adventista
PDF

Palavras-chave

Eutanásia
Bioética
Ética Cristã
Antropologia
Adventista.

Como Citar

Engelmann, K. (2007). A ética cristã da boa morte: uma proposta à luz da antropologia adventista. Kerygma, 3(2), 55-67. Recuperado de https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/266

Resumo

Nenhuma das ordenanças do decálogo tem sido tão amplamente debatida em nossos dias como o Sexto Mandamento. Dentre os temas relacionados a este Mandamento está o debate sobre a ética da eutanásia. O presente artigo trata deste tema frente à atual sociedade pós-moderna que parece não ter tempo para dedicar aos “improdutivos.” Antes de partir para a análise da moralidade da eutanásia, o estudo apresenta uma recapitulação das expressões técnicas mais comuns deste debate. A partir deste ponto são tecidas considerações sobre o tema em pauta a partir da perspectiva da ética Cristã. Na busca de respostas satisfatórias ao problema foi acrescentado aos temas comuns do debate o conceito adventista de “ser humano”, a partir do qual se pretende elucidar a questão. Antes da conclusão deste estudo, foi apresentada uma rápida exposição da “boa morte cristã” e do dever da igreja, como comunidade de crentes, para com aquela pessoa desiludida e sem perspectivas de cura.
PDF

Declaro (amos) que a revista Kerygma está autorizada a publicar e alterar o texto inédito e original de minha (nossa) autoria, submetido para avaliação deste periódico, a fim de "maximizar a disseminação da informação". Concordo (amos) em compartilhar os direitos autorais a ele referentes com a Unaspress e com o Unasp, sendo que seu “conteúdo, ou parte dele, pode ser copiado, distribuído, editado, remixado e utilizado para criar outros trabalhos, sempre dentro dos limites da legislação de direito de autor e de direitos conexos”. 

Reconheço (Reconhecemos) ainda que Kerygma está licenciada sob uma LICENÇA CREATIVE COMMONS - ATTRIBUTION 4.0 INTERNATIONAL (CC BY 4.0) e que esta obra também estará licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, caso seja aceita e publicada.

Dito isto, PERMITO (PERMITIMOS) que as instituições citadas acima remixem, adaptem, criem e distribuam, a partir deste trabalho, mesmo que para fins comerciais, desde que atribuam o devido crédito ao (s) autor (es) pela criação original.

Downloads

Não há dados estatísticos.