O burnout pastoral na perspectiva da teologia prática: definições, causas e prevenção

Autores

  • Jetro Ferreira da Silva

Palavras-chave:

teologia prática, ministério pastoral, estresse, burnout, bem-estar, efetividade.

Resumo

Burnout é um termo em inglês que transmite a idéia de "estar queimado", desgastado, exausto e desmotivado com 0 trabalho. A literatura sugere que o problema ocorre quando 0 indivíduo é confrontado com situações que esgotam ou superam seus recursos pessoais internos. Os ministros religiosos e outros profissionais de ajuda enfrentam um risco mais elevado de padecer da síndrome devido à natureza do seu trabalho. O presente estudo foi desenvolvido com a finalidade de conscientizar os pastores e autoridades eclesiásticas sobre as conseqüências individuais e organizacionais de tal fenômeno, e impulsioná-los a adotar estratégias de informação e instrução, bem como medidas preventivas e reparadoras. Para tanto, o trabalho procura esclarecer as seguintes questões: O que é o burnout? Como o burnout ocorre? O que é o burnout pastoral? O burnout pastoral é uma realidade no Brasil? E, finalmente, como o burnout no ministério pode ser prevenido e tratado? Os resultados foram apurados a partir de uma ampla pesquisa bibliográfica envolvendo pelo menos duas áreas do conhecimento: psicologia e teologia. Complementarmente, realizou-se urna pesquisa de campo com 63 pastores evangélicos de cinco denominações diferentes na cidade de São Paulo. Os dados levantados na pesquisa confirmam, em grande parte, os pressupostos teóricos descritos na bibliografia deste projeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-03-16

Como Citar

SILVA, J. F. da. O burnout pastoral na perspectiva da teologia prática: definições, causas e prevenção. Kerygma, Engenheiro coelho (SP), v. 5, n. 1, p. 105–106, 2009. Disponível em: https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/209. Acesso em: 5 mar. 2024.

Edição

Seção

Resumos de Teses e Dissertações