A comunhão das sociedades metodistas: uma resposta à atomização da fé cristã

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19141/1809-2454.kerygma.v18.n1.pe1604

Palavras-chave:

Sociedades metodistas, Reuniões de classe, Pequenos grupos, História do cristianismo

Resumo

Este artigo procura avaliar uma manifestação histórica proeminente dos atributos coletivistas e comunitários inerentes à fé cristã, nomeadamente, o envolvimento metodista com pequenos grupos, supervisionado por John Wesley. A investigação é feita por meio de uma revisão de literatura, e inicia-se com uma apresentação concisa da génese histórica das sociedades metodistas e das reuniões de classe. As deliberações subsequentes centrar-se-ão na dedicação ao cuidado mútuo dentro de pequenos grupos e nos esforços contemporâneos que visam o renascimento deste legado metodista. Através desta pesquisa é possível concluir que o modelo metodista pode ser uma resposta adequada às tendências contemporâneas de atomização da fé e individualismo na experiência religiosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isaac Malheiros, Centro Universitário Adventista de São Paulo - UNASP, São Paulo, (Brasil)

 Doutor em Teologia pela Faculdades EST, Rio Grande do Sul, (Brasil), Professor de Teologia no Centro Universitário Adventista - UNASP, São Paulo. 

Davi Boechat, Centro Universitário Adventista de São Paulo - UNASP, São Paulo, (Brasil)

Graduando em Direito pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo - UNASP, São Paulo, (Brasil).

Referências

ALVES, Rubem. O enigma da religião. Campinas: Papirus, 2007.

BAUMAN, Zygmunt. O mal-estar da pós-modernidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

BONDI, Roberta C. To Love as God Loves: Conversations with the Early Church. Philadelphia: Fortress Press, 1987.

CAMERON, Richard M. The Rise of Methodism: A Source Book. New York: Philosophical Library, 1954.

COMISKEY, Joel Thomas. Cell-Based Ministry as a Positive Factor for Church Growth in Latin America. Tese (Doutorado em Intercultural Studies). Fuller Theological Seminary, School of World Mission, 1997.

DUMONT, Louis. Homo aequalis: gênese e plenitude da ideologia econômica. Bauru: EDUSC, 2000.

DUMONT, Louis. O individualismo: uma perspectiva antropológica da ideologia moderna. Rio de Janeiro: Rocco, 1985.

FITCHETT, William Henry. As sociedades e as classes metodistas: onde se abrigavam e eram cuidados os novos convertidos. Igreja Metodista em Vila Isabel. 30 mar. 2009. Disponível em: http://tinyurl.com/3zhbb4xn. Acesso em 08 dez. 2023.

GIOVANETTI, José Paulo. A representação da religião na pós-modernidade. In: PAIVA, Geraldo José; ZANGARI, Wellington (orgs.). A representação na religião: perspectivas psicológicas. São Paulo: Loyola, 2004.

GIOVANETTI, José Paulo. Psicologia e senso religioso: a necessidade e o desejo – Modalidades da época. In: PAIVA, Geraldo José. Entre necessidade e desejo: diálogos da psicologia com a religião. São Paulo: Loyola, 2001.

GODINHO, Paulo. Apresentação. Guia de formação de líderes, 2016. p. 2. Disponível em: http://ministeriopessoal.org.s3.amazonaws.com/multiplicandoesperanca/2016/RevistaPrototipo.pdf. Acesso em 22 abr. 2023.

HUNTER III, George G. To Spread the Power: Church Growth in the Wesleyan Spirit. Nashville: Abingdon Press, 1987.

HUNTER III, George G. Church for the Unchurched. Nashville: Abingdon Press, 1996.

ICENOGLE, Gareth Weldon. Biblical Foundations for Small Group Ministry: An Integrational Approach. Downers Grove: InterVarsity, 1994.

LIPOVETSKY, Gilles; CHARLES, Sébastien. Os tempos hipermodernos. São Paulo: Barcarolla, 2004.

MADDOX, Randy L. Responsible Grace: John Wesley’s Practical Theology. Nashville: Abingdon Press, 1994.

MALLISON, John. Growing Christians in Small Groups. London: Scripture Union, 1989.

MATTOS, Paulo Ayres. Wesley e os encontros de pequenos grupos: sua aplicação na Igreja Metodista no Brasil. Revista Caminhando, vol. 8, n. 2, p. 144-160, 2003.

MEEKS, Wayne A. The First Urban Christians: The Social World of the Apostle Paul. New Haven: Yale University Press, 1983.

MILLER, Craig Kennet. Postmoderns: The Beliefs, Hopes & Fears of Young Americans (1965-1981). Nashville: Discipleship Resources, 1996.

MOURA, Umberto. A resiliência dos Pequenos Grupos. Pequenos Grupos: comunhão em torno do Cordeiro. 26 abr. 2019. Disponível em: https://www.pequenosgrupos.com.br/a-resiliencia-dos-pequenos-grupos. Acesso em 10 de dez. 2022.

MOURA, Umberto. Uma fundamentação bíblica para os Pequenos Grupos. Parousia, v. 9, n. 1, p. 83-93, 2010.

MULTIPLIQUE. Pequeno Grupo Multiplicador. Portal Multiplique, s.d. Disponível em: https://igrejamultiplicadora.org.br/new/pequeno-grupo-multiplicador. Acesso em 10 de dez. 2022.

ODEN, Thomas Clark. Ensinamentos de John Wesley, vol. 4. São Paulo: Reflexão, 2021.

PAROSCHI, Wilson. Os Pequenos Grupos e a hermenêutica: evidências bíblicas e históricas em perspectiva. In: BRASIL DE SOUZA, Elias (org.). Teologia e Metodologia da Missão. Cachoeira: CePLiB, 2009.

SNYDER, Howard A. The Radical Wesley and Patterns for Church Renewal. Downers Grove: InterVarsity, 1980.

THOMPSON, Marjorie J. Soul Feast: An Invitation to the Christian Spiritual Life. Louisville: Westminster John Knox, 1995.

TUNALA, Márcio. Pequeno Grupo Multiplicador. Rio de Janeiro: Convicção, 2014.

WATSON, David Lowes. Accountable Discipleship: Handbook for Covenant Discipleship Groups in the Congregation. Nashville: Discipleship Resources, 1986.

WATSON, David Lowes. The Early Methodist Class Meeting. Nashville: Discipleship Resources, 1987.

WESLEY, John. Cartas de João Wesley. São Paulo: Imprensa Metodista, 1952.

YOUNG, Doyle L. New Life For Your Church. Grand Rapids: Baker Book House, 1989.

Publicado

2023-07-03

Como Citar

MALHEIROS, I.; BOECHAT, D. A comunhão das sociedades metodistas: uma resposta à atomização da fé cristã. Kerygma, Engenheiro coelho (SP), v. 18, n. 1, p. e1604, 2023. DOI: 10.19141/1809-2454.kerygma.v18.n1.pe1604. Disponível em: https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/1604. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Teologia e Prática Religiosa Contemporânea