Surtos messiânicos no adventismo: estudo de dois casos

Autores

  • Igor Marques

Palavras-chave:

Surto Messiânico, Igreja Adventista do Sétimo Dia, Demônio do Catulé, Surto de Waco, Escatologia.

Resumo

O cristianismo, desde os seus primórdios, parece nutrir relações íntimas com a
escatologia, como força propulsora de sua mensagem messiânica. O papel da
expectativa futura não foi diferente no surgimento do movimento adventista,
que se considera um povo remanescente para os últimos dias antes da segunda vinda de Cristo. Entretanto, em algumas ocasiões, as motivações apocalípticas do adventismo fizeram eclodir surtos messiânicos responsáveis por acontecimentos reconhecidamente trágicos, a exemplo do caso do “demônio do Catulé” e o “surto de Waco”. Muito embora tais eventos sejam “anomalias sociais”, desvinculadas do saudável desenvolvimento da instituição adventista, o reconhecimento de que surtos messiânicos são reais ainda na atualidade deve relembrar os adventistas que sua mensagem escatológica deve trabalhar em conjunto com outros fatores, e não de maneira exclusiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BENEDICTO, M.; BORGES, M. Um Século de História. Revista Adventista, p. 8-13, jan. 2006.

BROMLEY, D. G.; SILVER, E. D. The branch davidians: a social profile and organizational history. New York: State University of New York Press, 1995. (S U N Y Series in Religious Studies).

CAMPOS, L. S. Um “surto” religioso em malacacheta: algumas observações sobre o embate entre “cristo” e o “demônio” numa comunidade adventista da promessa em 1955. In: MARQUES, L. L. (Org.). Religiosidades populares e multiculturalismo: intolerâncias, diálogos, interpretações. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2010.

______. O messianismo: análise sociológica de um caso: uma comunidade “protestante” no Catulé. Revista Estudos de Religião, v. 10, n. 11, dez. 1995.

______. Esperando o “fim do mundo” e a segunda vinda de Cristo — o sucesso e as conecoes do milenarismo das “Testemunhas de Jeová” com a cultura popular. In: CAMPOS, L. S.; MO SUNG, J. Religiões populares e novos cenários culturais: rupturas e continuidades. São Paulo: Ed. Reflexão, 2013.

DAMSTEEGT, P. G. Foundations of the Seventh-day Adventist message and mission. Grand Rapids: William B. Eerdmans Publishing Company, 1990.

DESROCHE, Henri. Dicionário de messianismos e milenarismos. São Bernardo do Campo: UMESP, 2000.

GREENLEAF, F. Terra de esperança: o crescimento adventista na américa do sul. Tatuí: CPB, 2009.

HOSOKAWA; SCHUNEMANN. A conversão de imigrantes japoneses no Brasil à Igreja Adventista do Sétimo Dia. Estudos da Religião. Set. 2008, p. 101-125

LOPES, E. P. Escatologia e milenarismo na história da igreja cristã. Ciências da Religião — História e Sociedade, v. 9, n. 1, 2011.

MOLTMANN, J. Teologia da esperança: estudos sobre os fundamentos e as consequências de uma escatologia cristã. São Paulo: Editora Teológica: Edições Loyola, 2005.

OLIVEIRA FILHO, J. J. Formação histórica do movimento adventista. Estudos Avançados, v. 18, n. 52, 2004.

NEGRÃO, L. N. Revisitando o Messianismo no Brasil e profetizando seu futuro. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 16, n. 46, jun. 2001.

______. Sobre os messianismos e milenarismos brasileiros. Revista USP, n. 82,p. 32-45, jun./ago. 2009.

PRESTES FILHO, U. F. O indígena e a mensagem do segundo advento: missionários adventistas e povos indígenas na primeira metade do século XX. Tese (Doutorado). São Paulo, Universidade de São Paulo, 2006.

QUEIROZ, M. I. P. O messianismo no Brasil e no mundo. São Paulo, Dominus/Edusp, 1965.

QUEIROZ, R. S. A caminho do paraíso: estudo antropológico sobre o surto messiânicomilenarista do catulé. Tese. (Doutorado). São Paulo, Universidade de São Paulo, 1993.

______. Mobilizações sociorreligiosas no Brasil: os surtos messiânicos

milenaristas. Revista USP, n. 67, p. 132-149, set./nov. 2005.

RIVERA, P. B. Tradição, transmissão e emoção religiosa: Sociologia do

protestantismo na América Latina. São Paulo: Olho D’Água, 2001.

SCHUNEMANN, H. E. S. “O tempo do fim”: uma história social da Igreja

Adventista do Sétimo Dia no Brasil. Tese. (Doutorado em Ciências da Religião). São Bernardo do Campo, Universidade Metodista de São Paulo, 2002.

SCHWARZ, R. W.; FLOYD, G. Portadores de luz: História da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Engenheiro Coelho: Unaspress, 2009.

STENCEL, R. História da educação superior adventista: Brasil, 1969 a 1999. Tese. (Doutorado em Pedagogia). Piracicaba, Universidade Metodista de Piracicaba, 2006.

TIMM, A. R. O santuário e as três mensagens angélicas: fatores integrativos do desenvolvimento das doutrinas adventistas. Engenheiro Coelho: Unaspress, 2009.

Downloads

Publicado

2013-11-15

Como Citar

MARQUES, I. Surtos messiânicos no adventismo: estudo de dois casos. Kerygma, Engenheiro coelho (SP), v. 9, n. 2, p. 137–152, 2013. Disponível em: https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/87. Acesso em: 4 dez. 2023.

Edição

Seção

Artigos