O cristão e a política: o filho de deus no reino dos homens
PDF

Palavras-chave

Cristão
Política
Igreja.

Como Citar

Magalhães, D. (2010). O cristão e a política: o filho de deus no reino dos homens. Kerygma, 6(2), 75-83. Recuperado de https://revistas.unasp.edu.br/kerygma/article/view/171

Resumo

A simples menção da palavra “política” deixa muitos cristãos, sobretudo os mais conservadores, em estado de alerta. Como se isso não bastasse, a oposição à relação cristãopolítica encontra eco mesmo nas fileiras que estão à margem do cristianismo ou ocupam lugar em sua ala liberal. De forma natural surgem as perguntas: tal preocupação é legítima? Pode o cristão engajar-se em práticas políticas e ainda manter a sua posição de autêntico seguidor de Cristo? Que espécie de relação entre o cristão e a política seria eticamente aceitável e não colocaria o membro regular de uma denominação cristã em contraposição aos princípios bíblicos? Deve a igreja cristã envolver-se com essas preocupações? O presente artigo busca considerar esses questionamentos sob a ótica de algumas necessidades do mundo em sua esfera social e das contribuições que o cristianismo tem a oferecer.

PDF

Referências

BARCLAY, W., O Nuevo Testamento Comentado por William Barclay. Buenos Aires: Editorial La Aurora, vol. 2, 1973, p. 281.

BARTH, K., The Church and the War. New York: The MacMillan Company, 1944, p. 39.

BONHOEFFER, D., Discipulado. São Leopoldo, RS: Editora Sinodal, 1995, p. 161.

COWAN, W. [Ed] What the Christian Hopes for in Society? New York: Association Press, 1957, p. 40.

CHAUÍ, M., Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 2001, p. 371.

CULLMANN, O., Cristo e Política. Rio de Janeiro: Paz e Terra Editora, 1968, p. 7.

CULLMANN, O., Christ and Time: The Primitive Christian Conception of Time and History. London: SCM Press, 1962, pp. 211 e 212.

HORDERN, W., Teologia Protestante ao Alcance de Todos. Rio de Janeiro: Junta de Educação Religiosa e Publicações, 1979, p. 152.

NIEBUHR, R., Moral Man and Immoral Society: A Study in Ethics and Politics. New York: Charles Scribner’s Sons, 1960, p. 248.

NIEBUHR, R., An Interpretation of Christian Ethics. San Francisco: Harper & Row Publishers, 1987, p. 111.

STOTT, J., La Fe Cristiana Frente a Los Desafios Contemporâneos. Buenos Aires, Nueva Creacion, 1991, p. 13.

STOTT, J., A Mensagem do Sermão do Monte: Contracultura cristã. São Paulo, ABU Editora, 2001, p. 57.

Declaro (amos) que a revista Kerygma está autorizada a publicar e alterar o texto inédito e original de minha (nossa) autoria, submetido para avaliação deste periódico, a fim de "maximizar a disseminação da informação". Concordo (amos) em compartilhar os direitos autorais a ele referentes com a Unaspress e com o Unasp, sendo que seu “conteúdo, ou parte dele, pode ser copiado, distribuído, editado, remixado e utilizado para criar outros trabalhos, sempre dentro dos limites da legislação de direito de autor e de direitos conexos”. 

Reconheço (Reconhecemos) ainda que Kerygma está licenciada sob uma LICENÇA CREATIVE COMMONS - ATTRIBUTION 4.0 INTERNATIONAL (CC BY 4.0) e que esta obra também estará licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, caso seja aceita e publicada.

Dito isto, PERMITO (PERMITIMOS) que as instituições citadas acima remixem, adaptem, criem e distribuam, a partir deste trabalho, mesmo que para fins comerciais, desde que atribuam o devido crédito ao (s) autor (es) pela criação original.

Downloads

Não há dados estatísticos.