Narrativas de vida de empreendedores e cultura da inspiração

a face comunicacional do capitalismo como religião

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19141/2764-8435.convergencias.v1.n1.pe1526

Palavras-chave:

Narrativa, Cultura empreendedora, Inspiração, Capitalismo como religião, Podcasting

Resumo

Este artigo trata dos processos comunicacionais que constituem e publicizam a cultura empreendedora. Analisamos as narrativas de vida de empreendedores de alto impacto presentes na série de podcasts do Endeavor Day1, um evento associado à chamada cultura da inspiração. Nesse contexto, as palestras inspiracionais dos empreendedores representam a dimensão comunicacional do capitalismo como religião, combinando aspectos teológicos, motivacionais e racionalizantes aplicados à vida como um todo. Em última instância, essa produção está associada ao projeto de sociedade baseado na imagem do empreendedor como modelo, como tipo ideal.

Biografia do Autor

Vander Casaqui, Universidade Metodista de São Paulo (UMESP)

Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo, com Pós-doutorado pela Universidade Nova de Lisboa; Professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – nível 2. Pesquisa financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), processo no. 2019/14365-7.

Referências

ANGENOT, M. El discurso social: los limites históricos de lo pensable y lo decible. Buenos Aires: Siglo XXI, 2010.

ARFUCH, L. O espaço biográfico: dilemas da subjetividade contemporânea. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2010.

ASSMANN, H.; HINKELAMMERT, F. J. A idolatria do mercado: ensaio sobre economia e teologia (Coleção Teologia e Libertação). São Paulo: Vozes, 1989.

BENJAMIN, W. O capitalismo como religião. Revista Garrafa 23, jan.-abr. 2011 [1921].

BOLTANSKI, L.; CHIAPELLO, È. O novo espírito do capitalismo. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

BOURDIEU, P. O campo econômico. Revista Política & Sociedade, n. 6, p. 15-57, abril de 2005.

BROCKMEIER, J.; HARRÉ, R. Narrativa: problemas e promessas de um paradigma alternativo. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 16, n. 3, p. 525-535, 2003. https://doi.org/10.1590/S0102-79722003000300011 DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-79722003000300011

BUONANNO, M. Histórias de vida exemplares. Biografias. MATRIZes, ano 5, n.1, 2011, p. 63-84. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v5i1p63-84 DOI: https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v5i1p63-84

CASAQUI, V. Abordagem crítica da cultura da inspiração: produção de narrativas e o ideário da sociedade empreendedora. E-Compós, vol. 20, no. 2, 2017. https://doi.org/10.30962/ec.1355 DOI: https://doi.org/10.30962/ec.v20i2.1355

CASAQUI, V. Aspectos pedagógicos e teológicos do empreendedorismo: profanações do “Livro da Vida”. RuMoRes, v. 13, n. 25, p. 127-146, 2019. https://doi.org/10.11606/issn.1982-677X.rum.2019.155502

DARDOT, P.; LAVAL, C. A nova razão do mundo: ensaio sobre a sociedade neoliberal. São Paulo: Boitempo, 2016.

EHRENBERG, A. O culto da performance: da aventura empreendedora à depressão nervosa. Aparecida – SP: Idéias & Letras, 2010.

FOUCAULT, M. Nascimento da biopolítica. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

GALLO, C. TED: falar, convencer, emocionar: como se apresentar para grandes plateias. São Paulo: Saraiva, 2014.

ILLOUZ, E. O amor nos tempos do capitalismo. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

LLINARES, D.; FOX, N.; BERRY, R. (Eds.). Podcasting: new aural cultures and digital media. Cham, Switzerland: Palgrave Macmillan, 2018.

MARÍN-DÍAZ, D. L. Autoajuda e educação: uma genealogia das antropotécnicas contemporâneas. 2012. 310 f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

OS VELHOS e os novos pecados – Leandro Karnal. 45’31”. Café Filosófico CPFL. YouTube. 2017. Disponível em: <https://bit.ly/2KAeAyL>. Acesso em: 31 mar. 2022.

ROSSI-LANDI, F. A linguagem como trabalho e como mercado: uma teoria da produção e da alienação linguísticas. São Paulo: DIFEL, 1985.

SENNETT, R. A corrosão do caráter: consequências pessoais do trabalho no novo capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 2007.

WEBER, M. A ética protestante e o “espírito” do capitalismo. São Paulo: Cia. das Letras, 2004.

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

CASAQUI, V. Narrativas de vida de empreendedores e cultura da inspiração: a face comunicacional do capitalismo como religião. Convergências, Engenheiro Coelho, São Paulo, v. 1, n. 1, p. e1526, 2021. DOI: 10.19141/2764-8435.convergencias.v1.n1.pe1526. Disponível em: https://revistas.unasp.edu.br/convergencias/article/view/1526. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos para Dossiê