Caminhos da pesquisa em Comunicação e Religiões

Percursos trilhados e trajetos emergentes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19141/2764-8435.convergencias.v1.n1.pe1521

Palavras-chave:

Religiões, Comunicação, Pesquisa

Resumo

As religiões alcançam atuação abrangente no espaço público. Elas se encontram nas mídias tradicionais e digitais, são objeto da indústria cultural como segmento de mercado e figuram na esfera da participação política. Tal atuação torna possível a emergência de novas formas de diálogo ou manifestações de violência e intolerância. Na área da Comunicação, não é mais possível estudar os processos comunicacionais sem considerar o lugar das religiões nas relações humanas e, em particular, explorar tópicos ainda emergentes, como a produção de conteúdo religioso em mídias não oficiais, os processos de comunicação popular, e a noção ampla da “religiões” para além do espaço cristão, já que o “religioso” permeia ambientes mais abrangentes do que o que comumente se atribui às religiões.

Biografia do Autor

Magali do Nascimento Cunha, Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM)

Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP); com estágio Pós-Doutoral em Comunicação e Política. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Comunicação e Religião da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM).

Referências

BERGER, Peter. A dessecularização do mundo: uma visão global. Religião e Sociedade, v. 21, n. 1, p. 9-23, 2001. Disponível em: http://www.uel.br/laboratorios/religiosidade/pages/arquivos/dessecularizacaoLERR.pdf Acesso em: 09 ago., 2022.

CUNHA, M. do N.; NOVAES, A. M. (Orgs.). Dicionário Brasileiro em Comunicação e Religiões. Engenheiro Coelho: Unaspress, 2021.

CUNHA, M. do N. Religiões e a diversidade política e a ideológica. In: RIBEIRO, C. de O. (Org.). Diversidade Religiosa e o Princípio Pluralista. São Paulo: Recriar, 2021. p. 47-76.

CUNHA, M. do N. Em 2022, é fundamental afirmar: não existe ‘voto evangélico’. CartaCapital (Diálogos da Fé), 06 abr 2022. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/blogs/dialogos-da-fe/em-2022-e-fundamental-afirmar-nao-existe-voto-evangelico/ Acesso em 09 ago., 2022.

FONSECA, A. B., ADAD, C. J. C. Relatório sobre intolerância e violência religiosa no Brasil (2011-2015): resultados preliminares. Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos. Brasília: Secretaria Especial de Direitos Humanos, 2016. Disponível em: https://direito.mppr.mp.br/arquivos/File/RelatorioIntoleranciaViolenciaReligiosaBrasil.pdf Acesso em 09 ago., 2022.

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

CUNHA, M. do N. Caminhos da pesquisa em Comunicação e Religiões: Percursos trilhados e trajetos emergentes. Convergências, Engenheiro Coelho, São Paulo, v. 1, n. 1, p. e1521, 2021. DOI: 10.19141/2764-8435.convergencias.v1.n1.pe1521. Disponível em: https://revistas.unasp.edu.br/convergencias/article/view/1521. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos para Dossiê