Entre Urbe e identidade religiosa

circulação dos símbolos de uma "cidade espírita"

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19141/2764-8435.convergencias.v1.n1.pe1517

Palavras-chave:

Sistemas simbólicos, Cidade, Identidade espírita

Resumo

Este artigo trata de um caso de comunicação entre os sistemas urbano e religioso na cidade de Palmelo (GO), conhecida como “cidade espírita”, a única no mundo que surgiu em torno de um centro espírita. Para responder até que ponto a noção de cidade pode ser vinculada a uma identidade cultural religiosa sem que abandonem seus sistemas simbólicos específicos, foram realizadas entrevistas em profundidade, análise documental e observação participante. A análise cultural encontrou permanências em torno da tradição de um movimento espírita palmelino e transições simbólicas em âmbitos societário, comunitário e cultural, demarcando formas de comunicação simbólica entre a urbe e a identidade espírita.

Biografia do Autor

João Damasio da Silva Neto, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Doutor em Ciências da Comunicação (Unisinos), mestre em Comunicação (UFG), graduado em Jornalismo (UniAraguaia). Professor substituto no curso de Jornalismo da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Uberlândia Brasil.

Referências

ARANTES, L. T. de R. Palmelo: cidade formada em torno de um centro espírita. In: COUTINHO, S. R. (Org.). Religiosidades, misticismo e história no Brasil Central. Brasília: Cehila, 2001.

AUBRÉE, M.; LAPLANTINE, F. A mesa, o livro e os espíritos: nascimento, evolução e atualidade do movimento social espírita entre França e Brasil. Maceió: EDUFAL, 2009.

BOURDIEU, P. A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 2009.

BRUZADELLI, V. C. O surgimento de Goiânia e o estabelecimento do espiritismo kardecista como uma religiosidade moderna. Chrônidas, Goiânia, v. 1, n.1, p. 131-140, 2008.

COIRO-MORAES, A. L. A análise cultural: um método de procedimentos em pesquisas. Questões Transversais, São Leopoldo, v. 4, n. 7, p. 28-36, jan./jun. 2016. Disponível em: https://revistas.unisinos.br/index.php/questoes/article/view/12490 Acesso em: 09 ago., 2022.

DAMASIO, J. A cidade espírita em Palmelo (GO): comunicação entre sistemas simbólicos (dissertação de mestrado). Goiânia: UFG, 2016.

DAMASIO, J. O caso dos museus espíritas: iconicidade do imaginário na midiatização (tese de doutorado). São Leopoldo: Unisinos, 2022.

DAMASIO, J.; SIGNATES, L. Comunicação, identidade e performance: análise categorial de transições simbólicas religiosas como método de estudo dos ambientes de comunicação. Questões Transversais, São Leopoldo, v. 5, n. 9, p. 51-58, jan./jun. 2017. Disponível em: https://revistas.unisinos.br/index.php/questoes/article/view/14850 Acesso em: 09 ago., 2022.

GODELIER, M. Comunidade, sociedade e cultura: três modos de compreender as identidades em conflito. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2012.

GUIMARÃES, M. B. Palmelo, a cidade espírita do Brasil. Manuscrito – Museu Histórico de Palmelo. 2014.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. IBGE Cidades. Disponível em: http://cidades.ibge.gov.br. Acesso em: 31 jul. 2022.

LAPLANTINE, F. Aprender antropologia. São Paulo: Brasiliense, 1995.

LEFBVRE, H. O direito à cidade. São Paulo: Centauro, 2001.

LUIZ DA SILVA, F. A utopia espírita: a cidade espiritual Nosso Lar. In: ISAIA, A. C.; MANOEL, I. A. Espiritismo & religiões afro-brasileiras. São Paulo: Unesp, 2012, p. 5-32.

LUHMANN, Niklas. A nova teoria dos sistemas. Porto Alegre: UFRGS, Goethe – Institut/ICBA, 1997.

PARAGUASSU, Fátima. Real e imaginário: aspectos da cultura popular em Goiás. Goiânia: UCG/Kelps, 2009.

SIGNATES, L. Cisma religioso e disputa simbólica: tensão comunicacional no espiritismo brasileiro e panamericano. Fragmentos de cultura, Goiânia, v. 23, n.1, p. 39-50, jan./mar. 2013. http://dx.doi.org/10.18224/frag.v23i1.2711

WEBER, M. Economia e sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva. 4.ed. Brasília: UnB, 2000.

WILLIAMS, R. Palavras-chave: um vocabulário de cultura e sociedade. São Paulo: Boitempo, 2007.

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

SILVA NETO, J. D. da. Entre Urbe e identidade religiosa: circulação dos símbolos de uma "cidade espírita". Convergências, Engenheiro Coelho, São Paulo, v. 1, n. 1, p. e1517, 2021. DOI: 10.19141/2764-8435.convergencias.v1.n1.pe1517. Disponível em: https://revistas.unasp.edu.br/convergencias/article/view/1517. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos para Dossiê