Docent Discunt https://revistas.unasp.edu.br/rdd <div style="text-align: justify;">A Revista Docent Discunt (RDD), <em>ISSN 2763-5163</em>, é um periódico semestral publicado pelo Mestrado Profissional em Educação do Centro Universitário Adventista de São Paulo (UNASP). A RDD tem como missão a divulgação do conhecimento científico na área de educação, didática e áreas correlatas de forma a expandir o pensamento e a prática educacional através de trabalhos originais da área ou que dialogam com as esferas do campo educacional. O periódico tem como intuito promover a divulgação do conhecimento no âmbito educacional e suas nuances, com enfoque nas linhas de pesquisa do mestrado: formação de professores e gestores educacionais. <p>A <strong>RDD</strong> é editada pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp). Adicionalmente, a UNASP mantem uma parceria internacional com a <a href="https://lp.unasp.br/andrews/" target="_blank" rel="noopener"><em>Andrews University </em>(Estados Unidos)</a>.</p> <p>A gestão editorial é gerenciada por meio do <em>Open Journal Systems</em> – OJS 3, sendo este software desenvolvido pelo grupo de pesquisa Public Knowledge Project (PKP) da Universidade British Columbia. <strong>Os artigos poderão ser submetidos em português, inglês e espanhol.<br /></strong></p> <p>Como forma de padronização de autoria, o Comitê Editorial deste periódico científico recomenda a inclusão do iD do ORCID no ato da submissão. O identificador ORCID pode ser obtido gratuitamente no endereço: <a title="ORCID" href="https://orcid.org/register%20" target="_blank" rel="noopener">https://orcid.org/register</a>. O autor deverá aceitar os padrões para apresentação de iD ORCID, e incluir a URL completa, acompanhada da expressão "http://", no seu cadastro, logo após o e-mail (por exemplo: <em>http://orcid.org/0000-0002-1825-0097</em>). </p> <p><strong>e-ISSN</strong>: <a href="https://portal.issn.org/resource/ISSN/2763-5163" target="_blank" rel="noopener"><strong>2763-5163</strong> </a>| <strong>Ano de criação</strong>: 2020 | <strong>Área do conhecimento</strong>: Educação e áreas correlatas|<strong>Qualis</strong>: C (2017-2020)|</p> </div> Unaspress — Editora Universitária Adventista pt-BR Docent Discunt 2763-5163 <p><strong>Declaração de direito autoral</strong></p> <p>Declaro (amos) que a revista&nbsp;<strong>Docent Discunt </strong>está autorizada a publicar e alterar o texto inédito e original de minha (nossa) autoria, submetido para avaliação neste periódico, a fim de "maximizar a disseminação da informação".&nbsp;Concordo (amos) em compartilhar os direitos&nbsp;autorais&nbsp;a ele referentes com a Unaspress e com o Unasp, sendo que seu&nbsp;“conteúdo, ou parte dele,&nbsp;pode ser copiado, distribuído, editado, remixado e utilizado para criar outros trabalhos,&nbsp;sempre dentro dos limites da legislação de&nbsp;direito&nbsp;de autor e de&nbsp;direitos&nbsp;conexos”.&nbsp;</p> <p>Reconheço (Reconhecemos) ainda que&nbsp;<strong>a Revista Docent Discunt </strong>está licenciada sob uma&nbsp;<strong>LICENÇA CREATIVE COMMONS - ATTRIBUTION 4.0 INTERNATIONAL (CC BY 4.0)</strong>&nbsp;e que esta obra também estará licenciada com uma Licença&nbsp;<a href="http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/">Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional</a>,&nbsp;caso seja aceita e publicada.</p> <p>Dito isto, <strong>Permito (permitimos)</strong> que as instituições citadas acima remixem, adaptem, criem e distribuam, a partir deste trabalho, mesmo que para fins comerciais, desde que atribuam o devido crédito ao(s) autor(es) pela criação original.</p> A educação inclusiva e a formação de professores no contexto educacional https://revistas.unasp.edu.br/rdd/article/view/1508 <p>--</p> Francislê Neri de Souza Ellen Nogueira Rodrigues Copyright (c) 2022 Docent Discunt https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2022-10-03 2022-10-03 3 1 7 9 10.19141/2763-5163.docentdiscunt.v3.n1.p7-9 Expediente https://revistas.unasp.edu.br/rdd/article/view/1535 Letícia Simões Ferreira Copyright (c) 2022 Docent Discunt https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2022-10-03 2022-10-03 3 1 A educação étnico-cultural nas instituições de educação superior https://revistas.unasp.edu.br/rdd/article/view/1509 <p>O presente estudo trata-se de uma análise documental de caráter qualitativo, cujo objetivo é analisar como se cumpre e se aplica as legislações vigentes no tocante à temática de relações étnico-culturais na educação Superior. Para tanto, foi realizada uma triagem de instituições, na categoria de centro universitário, na plataforma e-MEC, que se localizavam na cidade de São Paulo, um total de 20, e, desses, foram selecionados para a pesquisa aqueles que disponibilizaram em seus respectivos sites, de forma completa, o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), um total de seis. A análise desse documento foi realizada à luz do que é proposto pela legislação brasileira vigente sobre as questões étnico-culturais. Uma primeira categorização realizada foi temática, a partir das palavras-chave: “relações étnico-raciais”, “étnico-racial”, “africana”, “indígena”, “direitos humanos”, “cultura” e “diversidade”. Em seguida, categorizou-se as seis instituições em duas vertentes: cumprimento da legislação e atividades propostas. Os resultados da análise apontaram que o Plano de Desenvolvimento Institucional das Instituções aborda a questão, entretanto, nem todas apresentam formas concretas de realização das políticas propostas.</p> Bianca Silva de Oliveira Silvia Cristina de Oliveira Quadros Copyright (c) 2022 Docent Discunt https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2022-10-03 2022-10-03 3 1 10 21 10.19141/2763-5163.docentdiscunt.v3.n1.p10-21 Ensino da Matemática para alunos com Transtorno do Espectro Autista https://revistas.unasp.edu.br/rdd/article/view/1510 <p>A discussão das formas e metodologias para a aplicação do ensino de matemática bem como a questão da inclusão social dos alunos portadores do Transtorno do Espectro Autista se faz necessária, pois há necessidade desses alunos em adquirir habilidades para o aprendizado da educação formal. O aluno autista enfrenta muitas dificuldades na aprendizagem, pois há uma falta de metodologia correta e concisa adaptada às suas necessidades. O objetivo central deste trabalho é proporcionar uma reflexão sobre o Método TEACCH dentro do ensino da matemática ao autista. Para a realização deste trabalho, foi efetuada uma pesquisa de caráter bibliográfico sobre os aspectos mais relevantes e significativos do Método TEACCH, assim como seus benefícios ao se trabalhar com crianças autistas. Conclui-se, então, que o método em questão facilita a aprendizagem dessas crianças de forma específica, possibilitando uma maior ampliação dos seus conhecimentos matemáticos e, consequentemente, uma maior interação com seu meio social.</p> Emmanuel Zullo Godinho Helio Vagner Gasparotto Copyright (c) 2022 Docent Discunt https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2022-10-03 2022-10-03 3 1 22 33 10.19141/2763-5163.docentdiscunt.v3.n1.p22-33 Lideranças participativas em Saúde e Educação https://revistas.unasp.edu.br/rdd/article/view/1511 <p>O desafio da liderança não se apresenta menor no cenário dos profissionais de educação e na saúde de forma geral. O apoio concedido aos profissionais para a implementação de inovações na liderança e gestão relacionadas às práticas colaborativas interprofissionais e interorganizacionais em saúde e educação crescem a olhos vistos. A pesquisa teve como objetivo investigar estudos em liderança para o enfrentamento de complexos desafios em saúde e educação por meio de trabalhos em equipe, colaborativos, participativos e interprofissionais. Trata-se de estudo de revisão da literatura nas Plataformas Scielo e Biblioteca Virtual de Saúde entre os anos de 2015 e 2019 em português, inglês e espanhol com os termos de busca liderança em saúde e educação, com especial atenção aos processos participativos e colaborativos na constituição das lideranças. Aplicados os critérios de seleção, foram obtidos 30 artigos completos para análise final. Há uma crescente busca de lideranças compartilhadas, distribuídas, que valorizem o potencial de suas equipes de trabalho e promovam a formação de líderes mais colaborativos, propositivos no alcance de objetivos comuns. Conclui-se a relevância de ampliar estudos em liderança sob o prisma da colaboração e interprofissionalidade para romper com modelos autoritários e verticalizados em liderança.</p> Cristina Zukowsky Tavares Robson M. Marinho Camila Aguiar Rosana Aparecida Salvador Rossit Copyright (c) 2022 Docent Discunt https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2022-10-03 2022-10-03 3 1 34 48 10.19141/2763-5163.docentdiscunt.v3.n1.p34-48 Percepções de educadoras sobre a contribuição do PNAIC para a formação continuada https://revistas.unasp.edu.br/rdd/article/view/1512 <p>O artigo aborda a importância e repercussão do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) na formação continuada de professores alfabetizadores. Utilizou-se como base para investigação a pesquisa qualitativa, com entrevistas semiestruturadas realizadas com três professoras participantes do programa e análise de conteúdo por meio da técnica de Bardin (2016). As entrevistas ocorreram no ano letivo de 2020, dois anos após o encerramento do programa. Como objetivo geral, a intenção foi identificar qual a contribuição do PNAIC na formação continuada dos professores alfabetizadores. Como objetivos específicos: averiguar como aconteceu a formação continuada dos professores alfabetizadores proporcionada pelo PNAIC em um município do interior paulista, perceber a contribuição que o programa proporcionou para a prática na visão desses professores, compreender o programa dentro de um contexto de política pública e refletir sobre a importância que a formação continuada pode ter para o fazer pedagógico. Os resultados indicaram que: o PNAIC foi um importante programa de formação continuada por ter proporcionado mudanças de estratégias na prática pedagógica dos alfabetizadores; ele ainda exerce influência no trabalho das professoras; poderia servir como modelo de formação continuada na opinião das entrevistadas; e a falta de estrutura da escola e do município foram fatores dificultadores da execução plena do programa.</p> Angélica Duarte Natália da Silva Neris Moura Thaís José de Souza Rebeca Pizza Pancotte Darius Copyright (c) 2022 Docent Discunt https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2022-10-03 2022-10-03 3 1 49 66 10.19141/2763-5163.docentdiscunt.v3.n1.p49-66 Ensaio sobre formação docente para a diversidade https://revistas.unasp.edu.br/rdd/article/view/1513 <p>Este ensaio é o resultado de um trabalho desenvolvido na disciplina de Práticas Inclusivas da turma de Mestrado Profissional em Educação da Universidade de Taubaté (UNITAU). O texto discorre sobre a formação docente para a diversidade com a temática da docência e inclusão. O estudo teve como objetivo analisar e discutir com base em uma revisão sistemática de literatura como está sendo o processo formativo dos docentes para inclusão, com ênfase em alunos público-alvo da educação especial. Para a fundamentação teórica analisamos literaturas que discorrem sobre o assunto proposto como Bourdieu, Bueno, Carmo, Glat, Grassi, Freire, Roldão, Ross, Soares, Tardif e Vigotski, além de documentos oficiais como Declaração de Salamanca, Programa Educação Inclusiva e Declaração Mundial de Educação para Todos. Na sociedade atual, em que o multiculturalismo e a diversidade ganham espaços para discussões, a escola – em especial a formação docente – precisa se reorganizar em uma mudança que envolva a práxis pedagógica, em um ensino no qual o docente é o mediador do conhecimento e o aluno seja, juntamente com o professor, protagonista do processo de ensino-aprendizagem. O ato de ensinar precisa de mediação juntamente com a construção de uma sociedade verdadeiramente democrática, em que o acesso e permanência na escola seja para todos os alunos, independentemente de apresentarem deficiência ou não. A “educação para todos”, apesar de propor igualdade de direitos, acesso e permanência, ainda é seletiva, na medida em que as camadas menos favorecidas da sociedade não conseguem proporcionar aos seus filhos uma educação que lhes proporcione conhecimentos e habilidades básicas, sendo que as políticas públicas referentes à educação e à inclusão educacional precisam ser urgentemente revistas.</p> Heloisa Gotardo Bedendo Jéssica Regina da Mota Juliana Delpasso Bistrican Sampaio Luciana Guerra Pereira Cotti Costa Marina Rocha Abrami Menecucci Valéria Aparecida de Araújo Suelene Regina Donola Mendonça Copyright (c) 2022 Docent Discunt https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2022-10-03 2022-10-03 3 1 67 78 10.19141/2763-5163.docentdiscunt.v3.n1.p67-78 Novas perspectivas do ensino da gramática e suas contradições na gramática tradicional https://revistas.unasp.edu.br/rdd/article/view/1514 <p>Esta pesquisa tem como objetivo refletir sobre a realidade do ensino/aprendizagem das aulas de gramática nas instituições de ensino fundamental, médio e superior das cidades de Serra Talhada – PE e Santa Cruz da Baixa Verde – PE, analisando o porquê se têm maus resultados no ensino da gramática tradicional, observando se esse fator acontece devido ao ensino voltado somente para o uso de regras. Para analisar as aulas de gramática e conseguir obter os resultados esperados foi aplicado um questionário a alunos e professores do ensino fundamental e médio da rede pública e particular, assim como a alunos e professores do curso de Licenciatura em Letras. Após o preenchimento dos questionários com o público almejado, foi feita a análise de todas as respostas e fundamentadas com teorias do ensino da gramática. Dentre os autores analisados pode-se citar: Irandé Antunes, Travaglia e Bagno. Com base no estudo realizado aspecto apontado e discutido pode-se dizer que o ensino de gramática ainda se apresenta como um grande desafio, mesmo que tais profissionais tenham formação adequada para tal. Assim como observou-se que os alunos têm dificuldade com a gramática normativa. Alguns até conseguem identificar as regras e suas funções, porém não conseguem aplicá-las no cotidiano e nas produções de texto de forma eficiente e eficaz.</p> Luciene Barbosa de Souza José Antônio Jakson Paiva dos Santos Copyright (c) 2022 Docent Discunt https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2022-10-03 2022-10-03 3 1 79 95 10.19141/2763-5163.docentdiscunt.v3.n1.p79-95 As Histórias em Quadrinhos (HQs) como recurso didático para o Ensino Religioso https://revistas.unasp.edu.br/rdd/article/view/1515 <p>O Ensino Religioso (ER) é componente curricular permanente nos cursos de graduação do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp) sendo ofertado em cada semeste nas matrizes curriculares. Tal oferta encontra-se norteada pelos ditames institucionais. Dentre os componentes curriculares destaca-se a disciplina Ciência e Religião, especialmente pelos desafios que compreendem a relação entre os dois campos de conhecimento. Apresentamos nas páginas deste artigo o resultado de uma proposta efetivada como itinerário formativo para discentes do curso de graduação em Pedagogia (Unidade Vila Matilde). A proposta teve como marcos da jornada semestral a leitura e produção de resenha do livro Eles Criam em Deus e a participação em aula especial e em encontros de orientações, de modo a culminar com a produção de uma história em quadrinhos (HQ) como recurso de divulgação científica balizada sob os preceitos das metodologias ativas, das tecnologias aplicadas à educação e com fundamentação calcada em Barbour no que concerne à relação entre ciência e religião sob o viés do diálogo.</p> Francisco Luiz Gomes de Carvalho Débora Lima Mateus Maria Lúcia de Jesus Copyright (c) 2022 Docent Discunt https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2022-10-03 2022-10-03 3 1 96 106 10.19141/2763-5163.docentdiscunt.v3.n1.p96-106