[1]
E. Cavalcante Oliveira Santos, “Kerygma: sua relevância e propósito na web”, KER, vol. 16, nº 2, p. 7–10, jun. 2022.