PERCEPÇÃO DO TRABALHADOR POR MEIO DA FOLHA DE PAGAMENTO EM RELAÇÃO AOS BENEFÍCIOS NAS METALÚRGICAS DO MUNICÍPIO DE PARAGOMINAS (PA)
PDF

Palavras-chave

Satisfação
Benefícios
Recompensas

Como Citar

Sarmento Neto, D., & da Silva, W. (2019). PERCEPÇÃO DO TRABALHADOR POR MEIO DA FOLHA DE PAGAMENTO EM RELAÇÃO AOS BENEFÍCIOS NAS METALÚRGICAS DO MUNICÍPIO DE PARAGOMINAS (PA). Acta Negócios, 2(1), 116-132. https://doi.org/10.19141/2594-7680.actanegocios.v2.n1.p116-132

Resumo

O amplo diferencial das empresas diante de seus colaboradores não está meramente na retribuição paga aos mesmos, consiste também na motivação e satisfação que é disponibilizada. Os benefícios apropriados são de suma importância para o desenvolvimento do trabalho. Mediante estudo quantitativo, com base na amostra de 82 metalúrgicos da cidade de Paragominas (PA), esta pesquisa apresenta um modelo de cinco fatores para análise dos benefícios: recompensas, desenvolvimento, integração com a segurança, bem-estar e condições de trabalho. O objetivo deste estudo foi identificar benefícios mais percebidos pelos metalúrgicos e que trazem satisfação para os colaboradores. Foi possível identificar que os ganhos salariais apresentaram maior relevância de acordo com os colaboradores juntamente à folha de pagamento. E através da matriz de correlação, os benefícios referentes a acordo salarial e adicionais de insalubridade são os que apresentaram a correlação mais alta.

https://doi.org/10.19141/2594-7680.actanegocios.v2.n1.p116-132
PDF

Referências

ARRUDÃO, B. Campanha da Associação dos Magistrados para simplificar a linguagem jurídica reacende o debate sobre a prática da Justiça no país. Revista de Língua Portuguesa, v. 1, n. 4, 2008.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 1988. Disponível em: <https://bit.ly/1bJYlGL> Acesso em: 18 set. 2014.

CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas: O novo papel dos recursos humanos nas organizações. 8. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2004.

CHIAVENATO, I. Recursos Humanos. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas. 3. ed. rev. atual. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

COMREY, A. L.; LEE, H. B. A first course in factor analysis. 2. ed. Hillsdale, New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates, 1992.

CUNHA, L. M. A. Modelos Rasch e Escalas de Likert e Thurstone na medição de atitudes. 2007. 78f. Dissertação (Mestrado em Probabilidade e Estatística) – Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2007.

DECENZO, D. A.; ROBBINS, S. P. Administração de recursos humanos. 6. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2001.

DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS. Participação dos trabalhadores nos lucros ou resultados das empresas 2005. Estudos e Pesquisas, ano 3, n. 22, ago. 2006.

GIL, C. A. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HAIR JUNIOR, J. F.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L.; BLACK, W. C. Análise multivariada de dados. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

IBGE. Censo Demográfico 2010: características gerais da população. Paragominas (PA). 2010.

MALHOTRA, N. K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 3.ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

MARRAS, J. P. Administração de Recursos Humanos: do operacional ao estratégico. 3. ed. São Paulo: Futura, 2000.

MARTINS, S. P. Direito do trabalho. São Paulo: Atlas, 2012.

MARTINS, S. P. CLT universitária. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MICKE, V. L.; CAREGNATTO, M. Proposta de melhorias no plano de benefícios oferecidos na metalúrgica. Revista Global Manager Acadêmica, v. 1, n. 1, 2012.

MOREIRA, N. S. ; MARTELLI, F.; MAKOWSKI, R. M.; STUMPF, A. C. Linguagem jurídica: termos técnicos e juridiquês. Unoesc & Ciência-ACSA, v. 1, n. 2, p. 139-146, 2011.

PASQUALI, L. Análise fatorial para pesquisadores. Brasília: Universidade de Brasília, 2001.

PASQUALI, L. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2010.

PETRI, M. J. C. Manual de Linguagem Jurídica. São Paulo: Saraiva, 2008.

PEREIRA, L. Práticas trabalhista. 4. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2015.

ROBBINS, S. P. Administração, mudanças e perspectivas. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2001.

SIMETAL. Convenção coletiva de trabalho. Belém: Simetal, 2017.

Copyright (c) 2019 Acta Negócios

Downloads

Não há dados estatísticos.