O AVA E OS ESTILOS DE APRENDIZAGEM NO CONTEXTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Meira Lúcia Ramos, Ana Maria de Moura Schäffer, Helena Brandão Viana

Resumo


Este artigo tem como objetivo identificar os diferentes estilos de aprendizagem no contexto de Educação a Distância (EAD). A pesquisa se justifica na medida em que as Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) vêm sendo inseridas cada vez mais no âmbito educacional. Para o estudo, procedeu-se a coleta de dados a partir de um mapeamento da literatura nacional, publicada no período de 2006 a 2016, no banco de dados da Capes, da Scielo e do Google Acadêmico sobre os temas relativos aos estilos de aprendizagem e seu uso na EAD. Como metodologia, seguimos os parâmetros da revisão bibliográfica, alinhada à abordagem qualitativa. A pesquisa é descritiva, pois mostra a questão da conceituação dos estilos de aprendizagem e sua aplicação no contexto dos espaços virtuais. Os resultados obtidos confirmam que não há unanimidade entre os autores sobre os estilos de aprendizagem predominantes na EAD, embora existam estudiosos que defendam existir nos cursos de EAD uma predominância do estilo de aprendizagem reflexivo. As pesquisas ainda apontaram que os diferentes estilos de aprendizagem não afetaram em nada o desempenho dos alunos no contexto de EAD.


Palavras-chave


Estilos de aprendizagem; Ambiente virtual de aprendizagem; AVA; Ensino a Distância.

Texto completo:

PDF

Referências


ALONSO, C. M.; GALLEGO, D. J.; HONEY, P. Los estilos de aprendizaje: procedimientos de diagnóstico y mejora. 7. ed. Madrid: Mensajero, 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2017.

AMARAL, L. H.; CALEGARI, R. P.; JESUS, G. C. Estratégias de Ensino a partir da apuração dos Estilos de Aprendizagem dos estudantes: em busca pela inovação no Ensino Presencial. In: CONGRESSO DE EDUCAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO NOSSA SENHORA DO PRATROCÍNIO, 2017, Itu e Salto. Anais... Itu e Salto: CEUNSP, 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2017.

BARROS, D. M. V. A teoria dos estilos de aprendizagem: convergência com as tecnologias digitais. Revista SER: Saber, Educação e Reflexão, Agudos, v.1, n.2, p. 14-28, 2008.

BARROS, D. M. V. Estilos de uso do espaço virtual: como se aprende e se ensina no espaço virtual? Inter-Ação: Rev. Fac. Educ. UFG, Goiânia, v. 34, n. 1, p. 51-74, 2009.

DINIZ, D. D. A interação no ensino a distância sob a ótica dos estilos de aprendizagem. São Carlos, 2007. 108f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) –. Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo. São Carlos, 2007.

FELDER, R. M.; SILVERMAN, L. K. Learning and Teaching styles in engineering education. Education, Raleigh, v. 78, n.7, p. 674-681, 1988. Disponível em: . Acesso em: 18 out. 2017.

GONÇALVES, A.; VIVAS, A.; ASSIS, L.; PITANGUI, C.; DORÇA, F. Avanços na modelagem automática e dinâmica de estilos de aprendizagem de estudantes em sistemas adaptativos e inteligentes para educação: uma análise experimental. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 5., 2016, Diamantina. Anais... Diamantina: Simpósio brasileiro de informática na educação (SBIE), 2016. p. 1006-1015.

KALATZIS, A. C.; BELHOT, R. V. Estilos de aprendizagem e educação a distância: perspectivas e contribuições. In: SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 13., 2006, Bauru. Anais... Bauru: Unesp, 2006. Disponível em: . Acesso em: 16 de out. 2017.

LEMOS, E. C.; AMARAL, L. A. M.; OLIVEIRA, L. R. M. Utilização de estilos de aprendizagem no desenvolvimento de ambientes virtuais voltados à educação à distância. Revistas de Estilo de Aprendizagem, Orem, v. 8, n. 15, p. 113-145, 2015.

MENDES, A. G. L. M. Estilos de aprendizagem no espaço virtual: um estudo com alunos dos cursos a distância da Universidade Federal do Maranhão. São Luis, 2015. 126f. Dissertação (Mestrado em Cultura e Sociedade) – Universidade Federal do Maranhão (UFMA), São Luis, 2015.

NOGUEIRA, D. O impacto do estilo de aprendizagem no desempenho acadêmico: um estudo empírico com alunos das disciplinas de Contabilidade Geral e Gerencial na educação à distância. Curitiba, 2009. 134f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) –. Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2009. Disponível em . Acessado em: 16 abr. 2018.

RODRIGUES, L. H. S.; ASSIS, L.; VIVAS, A.; PITANGUI, C.; FALCI, S. Uso de lógica Fuzzy na seleção de estratégias de aprendizagem. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, 5., 2016, Diamantina. Anais... Diamantina: Simpósio brasileiro de informática na educação (SBIE), 2016. p. 1076-1085.

SILVA, D. M.; LEAL, E.A; PEREIRA, J. M.; OLIVEIRA NETO, J. C. Estilos de aprendizagem e desempenho acadêmico na educação à distância: uma investigação em cursos de especialização. R. Bras. Gest. Neg., São Paulo, v. 17, n. 57, p. 1300-1316, 2015.




DOI: https://doi.org/10.19141/2236-2622.actacientifica.v26.n2.p19-30

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Acta Científica

ACC, Engenheiro Coelho, São Paulo, Brasil. ISSN: 2236-2622.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia