ASTRONOMIA E RELIGIÃO NA MESOPOTÂMIA: PRÁTICA DE ENSINO DE HISTÓRIA EM UMA SALA DO 6º ANO

Dayana de Oliveira Formiga, Haller Elinar Stach Schunemann, Ana Beatriz Rodrigues de Paula, Charles Aparecido Silva Melo, Pamela Silveira da Silva, Willian Batista dos Santos Junior

Resumo


Estudar a civilização mesopotâmica é um tema comum aos docentes, pois faz parte do conteúdo para as aulas de história do Ensino Fundamental. Entretanto, a reflexão em relação à cultura desses povos é grandemente ensinada de maneira superficial, sobretudo no que diz respeito à astronomia e à religiosidade. Neste artigo, a partir de um jogo aplicado por estagiários do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), buscaremos refletir sobre uma análise ainda pouco investigada. O objeto de estudo principal se pauta na compreensão de como esses povos se relacionavam com a astronomia e com a religião, de como esses fatores eram importantes para aquela sociedade, e de como esse assunto pode ser relevante para se aplicar em sala de aula (a partir da experiência dos alunos com o jogo de tabuleiro). É importante considerar também que muitos professores não possuem preparo para aplicar esse conteúdo em classe, dada a interdisciplinaridade que o assunto proporciona. Sendo assim, o levantamento proposto questiona também o modo como história e ciência podem ser ensinadas.


Palavras-chave


Civilização mesopotâmica; Ensino de história; PIBID; Jogo de tabuleiro.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Débora El-Jaick. O lúdico e o sério: experiências com jogos no ensino de história. História & Ensino, Londrina, v. 13, p. 91-106, 2007. Disponível em: . Acesso em: 24 jul. 2017.

AYMARD, A.; AUBOYER, J. História geral das civilizações I: o Oriente e a Grécia antiga 1 - civilizações imperiais do Oriente. Rio de Janeiro: Difel, 1977.

GAMA, L. D.; HENRIQUE, A. B. Astronomia na sala de aula: por quê? Revista Latino-Americana de Educação em Astronomia, São Carlos, n. 9, p. 7-15, 2010. Disponível em: . Acesso em: 22 jul. 2017.

LIA, C. F.; BALEM, W. R. Os vivos, os mortos e os não nascidos: as religiões consideradas mortas e o ensino de história. Revista Latino-Americana de História, São Leopoldo, v. 2, n. 6, 2013, p. 137-149. Disponível em: . Acesso em: 24 jul. 2017.

MARTINS, R. de A. Introdução: A história das ciências e seus usos na educação. In: SILVA, C. C.; (Org.). Estudos de história e filosofia das ciências. São Paulo: Livraria da Física, 2006. Disponível em: . Acesso em 25 jul. 2017.




DOI: https://doi.org/10.19141/2236-2622.actacientifica.v26.n2.p9-18

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Acta Científica

ACC, Engenheiro Coelho, São Paulo, Brasil. ISSN: 2236-2622.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia