POLÍTICA SOCIAL DE HABITAÇÃO URBANA E AS “CARTAS DE INTENÇÕES” DOS ESTADOS BRASILEIROS

Fernanda Gurgel Raposo, Poliana de Sousa Rodrigues, Verônica de Barros Santos

Resumo


O artigo que segue tem por objeto central o tratamento outorgado pelas Constituições Estaduais Brasileiras, promulgadas depois da Constituição Federal de 1988, às políticas sociais de habitação urbana. O objetivo central da análise foi verificar de que forma as Cartas Estaduais trataram dessas habitações enquanto políticas sociais, considerando tanto as suas competências constitucionais, quanto os limites que o modelo Federativo Brasileiro e a Carta Magna de 1988 impunham. Para tanto, uma pesquisa bibliográfica permitiu um levantamento sobre os debates mais relevantes acerca da autonomia dos Estados Federados e seus limites, e uma pesquisa legislativa complementar viabilizou uma análise da efetivação dessas competências entre os dispositivos das 26 Constituições Estaduais. A junção desses dados permitiu inferir quais foram as intenções das Assembleias Constituintes dos Estados-Membros em relação às Políticas sociais de habitação urbana considerando-se os direcionamentos trazidos pelas Cartas Estaduais sobre a temática, a partir da adoção do método de análise de conteúdo na perspectiva de Bardin. As conclusões apontam para iniciativas bastante relevantes, de algumas Cartas, e igualmente algumas omissões de outras.


Palavras-chave


Estado Federal; Constituição Estadual; Política habitacional.

Texto completo:

PDF

Referências


AMAPÁ. Constituição (1991). Constituição Estadual do Amapá. Amapá: Assembleia Legislativa, 1991. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2017.

AMAZONAS. Constituição (1989). Constituição Estadual do Amazonas. Amazonas: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2017

BAHIA. Constituição (1991). Constituição Estadual da Bahia. Bahia: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2017.

BERCOVICI, G. Desigualdades regionais, Estado e Constituição. São Paulo: Max Limonad, 2003.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 1988. Disponível em: . Acesso em: 06 fev. 2017.

CEARÁ. Constituição (1989). Constituição do Estado do Ceará. Ceará: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2017.

COUTO, C. G.; ARANTES, R. B. Constituição, Governo e democracia no Brasil. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 21, n. 61, p. 41-62, 2006.

ESPÍRITO SANTO. Constituição (1989). Constituição Estadual do Espírito Santo. Espírito Santo: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2017.

GOIÁS. Constituição (1988). Constituição Estadual de Goiás. Goiás: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2017.

HORTA, R. M. Organização Constitucional do Federalismo. Rev. de Informação Legislativa, Brasília, v. 22, n. 87, 1985.

MARANHÃO. Constituição (1989). Constituição Estadual do Maranhão. Maranhão: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 04 abr. 2017

MATO GROSSO. Constituição (1989). Constituição do Estado do Mato Grosso. Mato Grosso: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2017.

MATO GROSSO DO SUL. Constituição (1989). Constituição Estadual do Mato Grosso do Sul. Mato Grosso do Sul: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2017.

MELLO, O. A. B. Natureza jurídica do Estado Federal. São Paulo: Prefeitura do Município de São Paulo, 1948.

PARÁ. Constituição (1989). Constituição Estadual do Pará. Pará: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 04 abr. 2017.

PERNAMBUCO. Constituição (1989). Constituição do Estado de Pernambuco. Pernambuco: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2017.

RIO DE JANEIRO. Constituição (1989). Constituição Estadual do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2017.

RIO GRANDE DO SUL. Constituição (1989). Constituição Estadual do Rio Grande do Sul. Rio Grande do Sul: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2017.

RONDÔNIA. Constituição (1989). Constituição Estadual de Rondônia. Rondônia: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2017.

RORAIMA. Constituição (1991). Constituição Estadual de Roraima. Roraima: Assembleia Legislativa, 1991. Disponível em: . Acesso em: 06 jun. 2017.

SÃO PAULO. Constituição (1989). Constituição Estadual de São Paulo. São Paulo: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2017.

SERGIPE. Constituição (1989). Constituição Estadual de Sergipe. Sergipe: Assembleia Legislativa, 1989. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2017.




DOI: https://doi.org/10.19141/1519.9800.acch.v27.n2.p79-97

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Acta Científica. Ciências Humanas

ACCH, Engenheiro Coelho, São Paulo, Brasil. ISSN: 1519-9800.

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia