ATIVIDADES FÍSICAS PARA IDOSOS
PDF

Palavras-chave

Atividade Física
Motivação
Idosos

Como Citar

Gama, K., Morais, R., Oliveira, V., Martins, L., & Tertuliano, I. (2020). ATIVIDADES FÍSICAS PARA IDOSOS. Life Style, 6(2), 51-59. https://doi.org/10.19141/2237-3756.lifestyle.v6.n2.p51-59

Resumo

O objetivo do presente estudo foi investigar, através de uma revisão de literatura, os motivos que levam à aderência e à permanência dos idosos em programas de atividades físicas. Foram utilizados estudos publicados em língua portuguesa entre 2012 e 2018, acessados pelos buscadores: Google Acadêmico, Scielo, Pubmed, Lilacs, Capes Periódicos e Proquest. Como critério de inclusão, utilizou-se apenas artigos originais, publicados em português e de periódicos com nota Qualis acima de B4. Os artigos revisados demonstraram que o principal fator que leva à aderência de idosos à prática de atividade física é a indicação médica, seguido do fator prevenção de doenças. Sobre os motivos de permanência, os fatores mais citados nos estudos revisados foram a sociabilidade e o bem-estar. Com isso, pode-se tecer que a saúde e a prevenção de doenças foram os principais motivadores para a prática e que para a permanência, a sociabilidade e o bem-estar são fatores relevantes.

https://doi.org/10.19141/2237-3756.lifestyle.v6.n2.p51-59
PDF

Referências

BAVOSO, D.; GALEOTE, L.; MONTIEL, J. M.; CECATO, J. F. Motivação e autoestima relacionada à prática de Atividade física em adultos e idosos. In: Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, Brasília, v. 7, n. 2, p. 26–37, 2017.

BOOTH, F. W.; GORDON, S. E.; CARLSON, C. J.; HAMILTON, M. T. Promoting stair climbing: Effects of message specificity and validation. In: Journal of Applied Physiology, Bethesda, v. 88, n. 1, p. 774–787, 2000.

CARVALHO, R. B. C.; MADRUGA, V. A. Envelhecimento e prática de atividade física: a influência do gênero. In: Motriz, Rio Claro, v. 17, n. 2, p. 328–337, 2011.

CAVALLI, A. S.; POGORZELSKI, L. V.; DOMINGUES, M. R.; AFONSO, M. R.; RIBEIRO, J. A. B.; CAVALLI, M. O. Motivação de pessoas idosas para a prática de atividade física: estudo comparativo entre dois programas universitários - Brasil e Portugal. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Rio de Janeiro, v. 17, n. 2, p. 255–264, 2014.

CHAIM, J.; RAMUNDO, M. E.; FERREIRA, C. A. S.; YUASO, D. R. Prática regular de atividade física e sedentarismo: influência na qualidade de vida de idosas. In: Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, Passo Fundo, v. 7, n. 2, p. 198–209, 2010.

COELHO, I. P. S. M.; FORMIGA, L. M. F.; MACHADO, A. L. G.; ARAÚJO, A. K. S.; MENDES, T. F.; BORGES, F. M. Prática de atividade física na terceira idade. In: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online, Rio de Janeiro, v. 9, n. 4, p. 1107–1112, 2017.

COSTA, F. S.; CABRAL, C. O. M.; RODRIGUES, J. P.; SANTOS, A. M. Dos. Idosos e exercícios físicos: motivacões e contribuições para saúde e o lazer. In: Licere, Belo Horizonte, v. 20, n. 4, p. 212–237, 2017.

FERNANDES, A. M. B. L.; FERREIRA, J. J. A.; STOLT, L. R. O. G.; BRITO, G. E. G.; CLEMENTINO, A. C. C. R.; SOUSA, N. M. Efeitos da prática de exercício físico sobre o desempenho da marcha e da mobilidade funcional em idosos. In: Fisioterapia em Movimento, Curitiba, v. 25, n. 4, p. 821–830, 2012.

GARAY, L. C.; OLIVEIRA, A. P. Aderência e frequência em programas de atividades físicas: a influência de diferentes níveis de aptidão física. In: Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 20, n. 1, p. 56–64, 2012.

GONÇALVES, K. C.; STREIT, I. A.; MEDEIROS, P. A.; SANTOS, P. M.; MAZO, G. Z. Comparação entre percepção da qualidade de vida e o nível de aptidão física de idosos praticantes de atividades aquáticas. In: Revista Brasileira de Ciências da Saúde, João Pessoa, v. 12, n. 39, p. 35–43, 2014.

KRUG, R. D. R.; LOPES, M. A.; MAZO, G. Z. Barreiras e facilitadores para prática da atividade física de longevas inatas fisicamente. In: Revista Brasileira de Medicina do Esporte, Rio de Janeiro, v. 21, n. 1, p. 57–54, 2015.

LIZ, C. M.; CROCETTA, T. B.; VIANA, M. S.; BRANDT, R.; ANDRADE, A. Aderência à prática de exercícios físicos em academias de ginástica. In: Motriz, Rio Claro, v. 16, n. 1, p. 181–188, 2010.

LOPES, A. L.; STREIT, I. A.; DE MEDEIROS, P. A.; MAZO, G. Z. Motivos de ingresso e permanencia de idosos em um programa de atividades aquáticas: Um estudo longitudinal. In: Revista da Educação Física da UEM, Maringá, v. 25, n. 1, p. 23–32, 2014.

MACIEL, G. M. Atividade física e funcionalidade do idoso. In: Motriz, Rio Claro, v. 16, n. 4, p. 1024–1032, 2010.

MAZINI FILHO, M. L.; ZANELLA, A. L.; AIDAR, F. J.; SILVA, A. M. S.; SALGUEIRO, R. S.; MATOS, D. G. Atividade física e envelhecimento humano: a busca pelo envelhecimento saudável. In: Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, Passo Fundo, v. 7, n. 1, p. 97–106, 2010.

MCARDLE, W. D.; KATCH, F. I.; KATCH, V. L. Fisiologia do exercício: Nutrição, energia e desempenho humano. 8. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2018.

MENDES, M. R. S. S. B.; GUSMÃO, J. L.; FARO, A. C. M.; LEITE, R. C. B. O. A situação social do idoso no Brasil: uma breve consideração. In: Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 18, n. 4, p. 422–426, 2005.

MEURER, S. T.; BERTOLDO BENEDETTI, T. R.; ZARPELLON MAZO, G. Fatores motivacionais de idosos praticantes de exercícios físicos: um estudo baseado na teoria da autodeterminação. In: Estudos de Psicologia, Natal, v. 17, n. 2, p. 299–304, 2012.

MONTIEL, J. M.; MARTINELLI, J. E.; BARTHOLOMEU, D.; CECATO, J. F. Envelhecimento Humano. São Paulo: Memnon Edições, 2016.

MOTA, A. K. A.; LAURENTINO, D. N. A. Estudo da Flexibilidade em idosos do projeto de extensão “Atividade Física, Saúde e Qualidade de Vida do Idoso” do Departamento de Educação Física, UEPB. In: Lecturas: Educación Física y Deportes, Buenos Aires, v. 17, n. 168, p. 1–8, 2012.

PAPALIA, D. E.; FELDMAN, R. D. Desenvolvimento Humano. 12. ed. Porto Alegre: AMGH, 2013.

RIBEIRO, J. A. B.; CAVALLI, A. S.; CAVALLI, M. O.; POGORZELSKI, L. V.; PRESTES, M. R.; RICARDO, L. I. C. Adesão de idosos a programas de atividade física: motivação e significância. In: Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, v. 34, n. 4, p. 969–984, 2012.

SAMULSKI, D. M. Psicologia do Esporte: conceitos e novas perspectivas. Barueri: Manole, 2009.

SCORTEGAGNA, P. A.; OLIVEIRA, R. C. S. Idoso: um novo ator social. In: IX SEMINÁRIO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO DA REGIÃO SUL, Caxias do Sul. Anais... Caxias do Sul: Anped Sul, 2012, p.1-17.

TEIXEIRA, R. V.; LIMA, W. S.; ANDRADE, L. N.; FRANÇA, F. C. Q. Fatores que levam os idosos a prática da hidroginástica. In: Motricidade, Ribeira de Pena, v. 14, n. 1, p. 175–178, 2018.

TELLES, T. C. B.; ARARUNA, L. C.; ALMEIDA, M. S.; MELO, A. K. Adesão e aderência ao exercício: um estudo bibliográfico. In: Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, Brasília, v. 6, n. 1, p. 109–120, 2016.

WEINBERG, R. S.; GOULD, D. Fundamentos da psicologia do esporte e do exercício. 6. ed. Porto Alegre: ArtMed, 2017.

WHO, World Health Organization. Relatório Mundial de envelhecimento e saúde. Genebra: Publicações da OMS, 2015.

Copyright (c) 2020 Life Style

Downloads

Não há dados estatísticos.